Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Blog-zapping

por Carlos Nunes Lopes, em 04.10.08

Está a decorrer um concurso de insultos ao Rodrigo. Participe e ganhe um magalhães.


lavagem de mãos e outras medidas profiláticas

Sem imagem de perfil

De Animal a 04.10.2008 às 23:36

pelo tom civilizado e cordial dos comentários não vejo nada que se pareça vagamente com um insulto. o homem é um amador e tem muito que pedalar para chegar aos calcanhares do miranda. esse é que consegue quase unanimidade de insultos. quase, porque o arroja dá cabo da estatística...

talvez lá chegasse se metesse uns snipers no texto ... ou uns gráficos coloridos, vá
Sem imagem de perfil

De Fernando Martins a 05.10.2008 às 00:19

Quer-se-me parecer que o Rodrigo se pôs a jeito: cita uns dados um bocadinho ultrapassados, critica quem trabalha muito acima do que está previsto no seu contrato e esquece-se de outros intervenientes que deveriam ser citados na estória (nomeadamente as famílias portuguesas).
Sem imagem de perfil

De André Correia Maricato a 05.10.2008 às 01:15

A teoria de que não se liga aos professores também pode ter outros pontos de vista. Porque se alguém os ouvisse a ministra já não seria esta...
Sem imagem de perfil

De PALAVROSSAVRVS REX a 05.10.2008 às 02:33

O pobre Rodrigo não tem argumentos afiados e novos, arremedou uns poucos coçados e antigos e não se fez qualquer luz.

PALAVROSSAVRVS REX
Imagem de perfil

De Paulo Colaço a 05.10.2008 às 03:19

De insultos ao Rodrigo pouco sei.
Sei é que já passaram 3 horas neste dia em que se assinala a Implantação da República e o Rodrigo ainda não cascou em ninguém ;)
Sem imagem de perfil

De blogdaping a 05.10.2008 às 05:27

1910 — É proclamada em Lisboa a República Portuguesa, pondo termo a mais de sete séculos de regime monárquico em Portugal (vide Proclamação da República Portuguesa).

O rei morreu... !
Viva a República !!!!!!!!!!!!!!!!
Sem imagem de perfil

De blogdaping a 05.10.2008 às 05:44

A revolta

A 5 de Outubro de 1910 estalou a revolta republicana que já se avizinhava no contexto da instabilidade política. Embora muitos envolvidos se tenham esquivado à participação — chegando mesmo a parecer que a revolta tinha falhado — esta acabou por suceder graças à incapacidade de resposta do Governo, que não conseguiu reunir tropas que dominassem os cerca de duzentos revolucionários que na Rotunda resistiam de armas na mão.

Só para ver como estava a monarquia ! Lol !

Sem imagem de perfil

De Pêndulo a 05.10.2008 às 09:25

Pois na minha opinião pessoal o Rodrigo agradece os insultos. Ele exerce a sua actividade profissional na área da comunicação, na promoção da imagem, etc. logo precisa desesperadamente de ser falado, lido, visto, de forma a que a Luís Paixão Martins, agência de comunicação onde trabalha e onde ganha o dinheiro com que vive, continue a ter clientes. Assim sendo Rodrigo precisa de se mostrar e exibir virtuosismo. Nada melhor que "cascar" numa classe profissional de cultura acima da média.
No fundo aquela crónica equivale aos desfiles de moda onde se exibem roupas estranhas para chamar a atenção para a marca e vender o "pronto-a-vestir" com que se ganha dinheiro para a comida. Do espectáculo fazem parte os tiques, as afectações, os estereótipos como o do "costureiro gay" aos gritinhos. E foi isso que Rodrigo encarnou, fez de "costureiro-gay" para vender as roupinhas da sua marca.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 05.10.2008 às 13:01

Quando alguém escreve um texto como o que o seu colega de blogue escreveu tem que se hablitar a certas coisas. É o preço de ser "escritor". Olhe, viva a República!
Sem imagem de perfil

De Dinossauro a 05.10.2008 às 13:01

Insultos? Não os li. Li antes insultos do RMD aos professores. Sejamos claros. Quem não tem c* não se mete a p*******.

Comentar post


Pág. 1/2