Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




tenho sempre que explicar tudo II

por Rodrigo Moita de Deus, em 06.10.08

308907. É o número de alunos inscritos no ensino particular. O que faz que tantos e tantos pais procurem o ensino particular quando têm uma alternativa gratuita? As condições, as infra-estruturas e, inevitávelmente, a qualidade do ensino. Na área da saúde os utentes ao menos reconhecem qualidade técnica a quem trabalha no sector público. Mas isso não acontece na educação. 

 

Este facto tem um efeito ainda mais perverso. Com a crescente crise o ensino público será cada vez mais o ensino dos pobres. O ensino dos maus alunos. Só não vai para o ensino particular quem não pode, acentuando ainda mais o estigma e o preconceito da sociedade. 308907 alunos e a respectiva classe discute o estatuto da carreira docente.

 


lavagem de mãos e outras medidas profiláticas

Sem imagem de perfil

De Daniel A. a 07.10.2008 às 00:04

Desses 308907 alunos retire:

os 125.000 que frequentam o pré-escolar privado, onde a oferta pública é escassa.

os 35.000 das escolas profissionais, cuja frequência é gratuita.

os 50.000 dos colégios com contrato de associação, em zonas onde alegadamente não há escolas públicas ou estas estão cheias, cuja frequência é igual às públicas, gratuita.

Vendo bem não chega a 100.000 o n.º de alunos cujos pais têm de pagar propina.
Sem imagem de perfil

De am a 07.10.2008 às 09:02

Não estou a perceber a relevância dessas contas.
Pelo contrário, o importante é que quem quiser optar pelo ensino numa escola privada com paralelismo e autonomia não seja constrangido por ter de pagar duas vezes, uma no irs e outra na propina.

Comentar post