Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Ninguém paga o magalhães...

por Carlos Nunes Lopes, em 10.10.08

As faustas cerimónias, a ilusão dos gadgets e as apresentações públicas dos grandes projectos do Governo, contrastam com a triste realidade para onde o país é cada vez mais empurrado.

Sócrates é um ilusionista. Resta saber quantos comprarão mais esta ilusão:

 

"Exmo. Sr. Presidente da Câmara Municipal,
 
Como é do conhecimento de V. Ex. o programa e
.escolinha destina-se aos alunos do 1.º ciclo do ensino básico público e privado e tem como finalidade garantir a generalização do uso do computador e da Internet.
 
No âmbito deste programa será entregue aos alunos o Magalhães, um computador resistente ao choque e aos líquidos e com uma dimensão e peso reduzidos, especialmente concebido a pensar nas crianças, mas que pode ser usado por toda a família. Este computadorvem equipado com conteúdos educativos especialmente seleccionados para os alunos do 1.º ciclo, permitindo o acesso à Internet na escola e, eventualmente, em casa. Toda a informação sobre as especificações técnicas e a lista de programas instalados encontra-se disponível no sítio da internet do e.escolinha, em www.eescolinha.gov.pt.
 
A colaboração das Autarquias será decisiva para que este programa possa ser implementado com uma maior abrangência -- no que diz respeito ao número de alunos (e respectivas famílias) a contemplar -- potenciando-se, assim,  com esta “ferramenta pedagógico/educativa”, a sua criatividade e a inovação, bem como um mais  fácil acesso ao conhecimento e ao mundo.  
Neste contexto, dentro do espírito de cooperação que temos vindo a desenvolver, venho solicitar a V. Ex. se digne dar-nos a conhecer o seu interesse na concretização desta iniciativa, nas escolas de 1º ciclo do seu Concelho, como parceiro do M.E.
 
Existem diversas modalidades de participação da Autarquia, sendo que a ligação dos alunos à internet (na Escola através das redes locais) e em casa (através do modem) é de grande interesse, pelo que a oferta do modem (valor aprox. de 45 euros) aos alunos, cujos Encarregados de Educação assim o desejem, será uma contribuição fundamental para o êxito desta parceria. No entanto, também a comparticipação na assinatura, quer por um ano (aprox. 250 euros) ou por meio ano (aprox. 125 euros), em parte ou na totalidade, poderá ser uma outra forma de participação neste programa. Porém, qualquer outra modalidade que V. Exª. entenda conveniente, poderá vir a ser acordada.
 
Junto enviamos as informações que dirigimos aos professores e pais/encarregados de educação  dos alunos do 1º ciclo, e que serão divulgadas, oportunamente,  pelos Conselhos Executivos dos Agrupamentos, bem como o modelo de aceitação a preencher pelos pais/encarregados de educação.
 
Ciente de que a proposta apresentada vai merecer todo o seu interesse e atenção, fico a aguardar a decisão que entender mais adequada para os alunos e famílias do seu Concelho – Bem-haja.
 
Com os melhores cumprimentos,
A Directora Regional de Educação [do Centro]
Engrácia Castro"