Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]




o casamento gay (último)

por Rodrigo Moita de Deus, em 11.10.08

Tanta letra, tanta razão, tanto argumento. E nem precisei de explicar com quem gosto de dormir. Para verem como era fácil.


lavagem de mãos e outras medidas profiláticas

Sem imagem de perfil

De Z a 12.10.2008 às 15:13

Para ser simples e conciso:

Aos olhos da lei duas pessoas do mesmo sexo podem amar-se até ao fim dos seus dias, sem problema nenhum. Mas, como foi dito, n é disso que o casamento civil trata.

O casamento é, desde que existe, a instituição da qual nasce a família. Por isso é protegido e regulado pelo Estado.

Duas pessoas do mesmo sexo podem assinar o contrato que quiserem (liberdade de estipulção, está prevista no Código Civil. Casar, ou seja partilhar cama, mesa e tecto com o fim de constituir família é impossível.

Pronto, está explicado.

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.






subscrever feeds