Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Die Hard

por Rodrigo Moita de Deus, em 03.11.08

Quando tentava ser piloto John McCain despenhou dois aviões. Colidiu um outro contra uma linha de alta tensão. Voltou a ter um outro acidente desta feita a bordo de um porta-aviões. O incêndio causado acabou por matar 134 marinheiros. Pouco tempo depois. McCain que já tinha perdido quatro aviões, foi abatido sobre Hanoi. Partiu dois braços e uma perna. Esteve seis meses detido com cuidados de saúde primários. Perdeu 23 quilos. Quando recusou ser libertado espancaram-no. Partiram-lhe o braço outra vez. Foi detido em solitária onde passou anos e sobreviveu ao bombardeamento da cidade ordenado pelo próprio pai.

McCain volta finalmente para casa e para modelo com quem tinha casado. Alguns meses mais tarde a mulher tem um acidente grave de carro e fica entrevadinha. Volta a casar e dedica-se à política. Os filhos não lhe perdoam o casamento. A nova mulher ficou viciada em analgésicos. É envolvido num escândalo de corrupção. Candidatou-se a presidente. Perdeu nas primárias contra um jovem com fama de pouco inteligente. Acabou a campanha e foi-lhe diagnosticado um cancro. Cura o cancro. Passam uns tempos. Tem de ser operado novamente. Não desiste. Candidata-se outra vez. Terça-feira corre o risco de perder as eleições para um negro.

Gosto de McCain. Mas se esta não é a biografia do homem mais azarado do planeta, vou ali e já volto.    

 


lavagem de mãos e outras medidas profiláticas

Sem imagem de perfil

De Luis Melo a 03.11.2008 às 10:27

Costuma dizer-se que a sorte protege os audazes... certo? :)
Sem imagem de perfil

De PDuarte a 03.11.2008 às 11:06

então mas espera aí, que tens de esclarecer uma coisa.
o último azar é o de ele perder as eleições, ou o de ele perder as eleições para um negro?!!!
com a dra Manuela com o azar que teve este fim de semana, daqui a mais o que não te vai faltar é pessoal a questionar o que é que realmente se aprende nas universidades de verão.
tem cuidado Rodrigo. eu também gosto de ti, mas tu às vezes procuras o azar.
Sem imagem de perfil

De Rodrigo Moita de Deus a 03.11.2008 às 12:33

Tanto medo nas palavras. O azar é perder para um negro. Se Obama vencer as eleições esse é um facto histórico. Há dez anos, há vinte anos, há trinta anos isso seria impossível (a tal coisa que não lhe chamam casa branca por acaso). McCain estar, outra vez, do lado errado da história é mais do que azar. É uma fatalidade.
Sem imagem de perfil

De Ana A a 03.11.2008 às 14:42

Azar? Depende da perspectiva...
O homem já esteve para morrer 7 vezes e, qual Hércules, continua cá.
O azar dele é estar mal rodeado (sim, refiro-me a Sarah Palin); caso contrário, ainda não era desta que se fazia "história" nos States. Digo eu...
Sem imagem de perfil

De blogdaping a 03.11.2008 às 15:55

Se eu tivesse a Sarita do meu lado... já tinha ganho !!!
Sem imagem de perfil

De cristina a 03.11.2008 às 18:32

eu desconfio muito do azar...o homem deve ser é tão burro que nada lhe sai bem... não soube ser particularmente bem sucedido em praticamente nada do que fez, essa é que é essa...
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 04.11.2008 às 01:07

Eleições Americanas 2008

Sugestão para acompanhar online e de forma gratuita os principais canais de informação internacionais…

http://lugardoconhecimento.wordpress.com/2008/11/04/eleicoes-americanas/

uma boa sugestão para quem não tem TVcabo ou tv por satélite

Cumprimentos,
RM

Comentar post