Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Também não exageremos

por Sofia Bragança Buchholz, em 11.11.08

Na sequência do lixo televisivo que engulo diariamente na Sic Mulher há um programa amoroso, apresentado por outro velhinho catita (às vezes, pergunto-me se este canal não se deveria chamar Sic Geriatria) intitulado não sei quê dos animais. É um hospital veterinário inglês onde diariamente acorrem os mais diversos casos: cãezinhos feridos, gatinhos estropiados, ovelhinhas doentes, e até papagaios com problemas psicológicos, todos passam por lá.

No outro dia houve um caso que me comoveu particularmente: uns lagostins abandonados, não se sabe porquê. Coitadinhos, aquilo foi um lufa-lufa para lhe arranjarem um lar de acolhimento! Eu não teria hesitado, eu teria ficado com eles. Eu teria tratado bem deles e acolhido-os de bom grado. Com muito salzinho e no meu estômago, claro.
 


comentários

Imagem de perfil

De Vieira do Mar a 11.11.2008 às 19:54

Ai, adoooro o hospital dos animais! E eu que pensava que era a única a ver aquilo... ;) O amor e o civismo com que aqueles ingleses tratam os seus animais, desde o cágado ao pónei, é comovedor. Não perco um, e jé vi vários repetidos: o do cão sem uma perna, o da cadela com cancro, até o dos lagostins! Maravilha...
Imagem de perfil

De Sofia Bragança Buchholz a 13.11.2008 às 00:44

Ah, minha querida, e aquele das rãzinhas viscosas e peganhentas que eles carinhosa e caridosamente ajudam a atravessar a rua?! Um must ! Um must de programa, digno apenas dessa casta superior que são os súbditos de sua majestade de Queen Elizabeth II ;-)

Beijocas

Comentar post