Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Simão e a Crise

por Sofia Bragança Buchholz, em 16.11.08
Personagens:
• Simão, 8 anos (aka, Senhor António)
• Eu

Cenário:
Ao entrar no quarto do meu sobrinho, pergunto-lhe, em forma de cumprimento:

Acção:
– Então, como é que vai a vida?
– Muito mal! Estou desempregado! – Responde em tom desolado.
– Ai sim? – E lembrando-me de que ele, nas suas brincadeiras de faz de conta, costumava encarnar um personagem que tinha um restaurante, alinho na dramatização:
– Mas, e o seu restaurante? O Senhor não tinha um restaurante?
– Faliu – informa-me, fatalmente.
– Oh, coitado, Senhor António!... – Lamento, dirigindo-me a ele no seu nome fictício.
Ao ver o meu desânimo, ele chama-me à parte e sussurra-me como quem conta um segredo que não se quer ouvido por mais ninguém:
– Vendi-o. Deu-me muito dinheirinho; está guardado. Mas, aqui entre nós, para todos os efeitos, para os outros, estou desempregado, ok?!


Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.






subscrever feeds