Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




gostar de mulheres

por Rodrigo Moita de Deus, em 09.12.08

Laurinda Alves é a primeira candidata às "europeias"

 

Tenho uma enorme admiração por Laurinda Alves. É uma mulher de causas e extraordinariamente trabalhadora. Daquelas que faz as coisas acontecerem. E do que conheço da sua carreira nunca teve medo de arriscar. Esta participação política não é mais que um salto lógico. Uma pessoa assim tem de participar politicamente. Direi, em elogio, que Laurinda Alves, com esta candidatura, não faz mais que a sua obrigação.

E direi ainda mais. Não me surpreende que o faça no MEP. Surpreende-me que os partidos “tradicionais” a tenham deixado escapar. Tantas e tantas vezes.  

 


lavagem de mãos e outras medidas profiláticas

Imagem de perfil

De João Vacas a 10.12.2008 às 11:33

Essa do liberalismo ter de ser anti-religioso é boa. Só não é verdadeira. Mas é boa. Divertida, pelo menos. Antes servo da padralhada que troglodita anticlerical.
Sem imagem de perfil

De Joaquim Teixeira a 11.12.2008 às 05:31

Se gosta de ser servo, não é liberal.
Se, sendo liberal, privilegia o catolicismo, é ignorante, e longe de mim acusar o pe. Ratzinger de liberalismo.
Se não dá aos outros o direito de não serem crentes e de não querer aturar certas e determinadas merdas - ou valores, segundo a padralhada - que uma parte quer impor à outra por força da lei, apesar dos mesmos estarem apenas alicerçados em questões de fé, então perdoe-me, mas de liberal não tem nada.
Sem imagem de perfil

De JR a 16.12.2008 às 01:15

nos dias de hoje acreditar em deus, santos e milagres é absolutamente imbecil.



Comentar post