Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Esta coisa dos blogs não é muito importante

por Henrique Burnay, em 05.01.09

O fim do Atlântico resume bem a minha relação com os blogs. Sabia que o Paulo sairia, mas não sabia quando. Quando soube que tinha saído, era tarde de mais para ir lá escrever um post de adeus. Não é grave. Nem o Paulo precisa dos meus abraços, nem o Atlântico foi pior por eu quase nunca ter escrito. Os blogs não são muito importantes. São como os jornais, as televisões, os telemóveis, o metro e as bicicletas. São meios. O que importa são as pessoas, as ideias e a Liberdade de umas e outras se encontrarem. Foi por isso que o Atlântico, que sucede à Atlântico da Helena (onde colaborei) e à Atlântico do Paulo, onde também estive, foi importante. Por ter sido um lugar de liberdade para todos os que participaram e de encontro para quem quis lá ir. Do trabalho do Paulo ao longo destes anos fica uma das suas marcas mais distintivas: ser um caça-talentos. O que diz tudo sobre o seu carácter. 

Entretanto, a direita portuguesa, regra geral fora dos partidos, ficou muito mais interessante. Espera-se que cumpra.

Autoria e outros dados (tags, etc)


comentários

Imagem de perfil

De Paulo Pinto Mascarenhas a 05.01.2009 às 11:57

Abraço, Henrique.

Comentar post