Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




O Estado de Direito

por Henrique Burnay, em 17.01.09

Vi na telvisão a história que o Pedro conta. Na altura achei que tinha de estar a perceber mal. Um polícia matar à queima roupa? Parece que sim.

É nestas alturas que se percebe se o Estado em que vivemos é um Estado de Direito, a sério, ou outra coisa qualquer. O olhar daquela mãe tem de ter uma resposta.

Nesta altura, preferir a discussão sobre racismo, criminalidade juvenil, guetos, tudo isso, é escolher  substitutos da Justiça num Estado de Direito. E num Estado de Direito não há substitutos da Justiça. A alternativa é o vazio e o vazio preenche-se.

 


lavagem de mãos e outras medidas profiláticas

Sem imagem de perfil

De David Silva a 18.01.2009 às 12:52

O que interessa se esse adolescente estaria armado ou não?!

Comentar post