Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]




A fortuna de Mesquita Machado

por Nuno Gouveia, em 14.02.09

O Correio da Manhã publicou hoje uma reportagem que coloca em destaque a podridão da justiça e do poder autárquico em Portugal. Tudo isto a propósito de Mesquita Machado, o presidente da Câmara Municipal de Braga há mais de 32 anos.

 

Durante oito anos a Polícia Judiciária do Porto investigou a família Mesquita Machado, e apesar de ter descoberto um autarca com uma vasta fortuna, e com muito dinheiro não se sabe bem de onde veio, a PJ arquivou o processo. Um facto estranhíssimo é que os valores transaccionados nas contas bancárias da família foram sempre bastante superiores aos rendimentos declarados.

 

O CM, que teve acesso ao processo, relata vários sinais de riqueza da família, onde os filhos também desempenham o seu papel. Carros de alta cilindrada, moradias de luxo e negócios suspeitos: o filho comprou um café no centro histórico por 400 mil euros, e a filha, pouco tempo depois de terminar o curso, adquiriu uma farmácia no valor de 450 mil euros. Além de vários cheques de milhares de euros de empresários da construção civil de Braga, como Domingos Névoa, endereçados à família.

 

Apesar dos indícios, a PJ não encontrou provas de conduta ilícita de Mesquita Machado. Os bracarenses atentos certamente conhecerão muitas histórias como estas relatadas pelo CM, e certamente pelo país fora, haverá outros exemplos semelhantes. O poder autárquico é uma selva!

 

Não deveriam ser criados mecanismos de controlo sobre quem amealha fortunas usufruindo de cargos públicos? Evidenciando um político sinais de riqueza incompatíveis com o seu salário, não deveria ser ele obrigado a provar de onde veio o dinheiro?


lavagem de mãos e outras medidas profiláticas

Sem imagem de perfil

De filipuni a 04.07.2012 às 11:48

Para quando meskita machado no banco dos réus? E por fim no xilindró de uma vez por todas k se faça justiça para todos. Um dos grandes corruptos nacionais k destruiu e descaracterizou totalmente a cidade de braga permitindo a construção exacerbada sem qualker planeamento urbanistico para dar de comer aos seus colegas da construção civil. Basta comparar edificios construidos com os projetos aprovados na camara. Atualmente braga tem mais de 20000 casas por habitar vários "centros comerciais" às moscas e o futuro comprometido por longos anos.
Alem disso oferece grandes tachos aos familiares e amigos como é sabido!
Sem imagem de perfil

De Mekika Makako a 20.07.2012 às 22:17

Como engº civil pertence ao lobby da construção e praticamente todo o investimento feito na cidade foi para ai canalizado. Como se isso não bastasse, as situações de edifícios que não cumprem o projeto aprovado, para beneficio monetário do construtor, são bastante significativas.

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.






subscrever feeds