Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]




A festa - Recensão e notas soltas

por Laura Abreu Cravo, em 29.01.07
O poste chega mais tarde do que era suposto porque o trabalho não permitiu sequer convalescer decentemente das festividades.
O Frágil, com direito a panfleto Pró-SIM logo no bengaleiro (desconfio que obra de alguns infiltrados), apresentava uma invulgar mas simpática heterogeneidade. Entre corpos que espreitavam de dentro de camisolas de alças lá se vislumbrava, a espaços, um ou dois blazers de veludo e tweed ou camisas impecavelmente engomadas.
A Blogosfera respondeu em peso ao apelo festivaleiro da Direita e, entre liberais a conservadores os locals lá foram dando um ar de sua (infinita) graça.
O nosso PPM circulava, entre abraços e beijinhos, na sua pele de irrepreensível e charmoso anfitrião; O Luciano, mais ou menos a meio dos dois espaços sociais, fazia convergir, com o seu encanto blasé, aqueles que passavam, para dois dedos de agradável conversa; O Pedro e o Vasco Rato fizeram saber ao mundo que não tinha complexos com as suas (ditas más) companhias ou com as respectivas bandeirinhas (confesso que esta parte não percebi bem, mas é por ser menina), O Vitor Cunha foi tão cavalheiro como, a cada momento, seria expectável; o Henrique Raposo revelou-se um afável Pedro Burmester da Blogosfera em busca de um Mário Laginha à sua altura (talvez mandar vir do Botswana); O Rodrigo estava inconsolável, a um canto, por não ter conhecido a Isa; O Tiago deve ter tido medo de ir à festa, não fosse mais alguém pedir-lhe uma remodelação de template ou a resolução do problema técnico do leitor que não consegue visualizar a página do blogue por causa do Mozilla albanês (anda lá Tiago, nós prometemos que nos deixamos dessas coisas) e os três impecáveis DJ’s incendiaram o dance floor, embora nem por um momento o frágil tenha deixado de lembrar, a uma só voz, a falta que o Nuno nos fez.
Enfim, estamos (todos), depois dos necessários cuidados paliativos, à espera da próxima festa.


Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.





subscrever feeds