Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Angola compra espaço publicitário na RTP

por Nuno Gouveia, em 17.03.09

Talvez inspirados pelas compras milionárias de publicidade de Obama durante a campanha presidencial, os interesses angolanos em Portugal, certamente coadjuvados pela máquina estatal, compraram mais de duras horas de publicidade no canal público.

 

Ontem o programa “Prós & Contras” foi um horrível espaço publicitário em favor de Angola e da pujança da sua economia. Desavergonhadamente, não convidaram vozes que pudessem colocar em causa o “interesse nacional” e a “democracia” da família de José Eduardo dos Santos. Ninguém questionou os responsáveis angolanos pela fortuna alcançada pelos seus líderes. A corrupção que existe no país é apenas um apêndice e a falta de respeito pelos direitos humanos não interessa para nada. O que importa são os milhões que jorram do poço angolano.

 

Mais uma vez este programa não fomentou a discussão, promovendo apenas um ponto de vista sobre um determinado tema. Já tem sido assim demasiadas vezes. Mas ontem nem se preocuparam em convidar os defensores dos “Contras”. Espero que a RTP comece a pensar em mudar o nome do programa. Eu até já tenho uma sugestão: “As escolhas do Prof. A. S. Silva”.


lavagem de mãos e outras medidas profiláticas

Sem imagem de perfil

De Luis Melo a 17.03.2009 às 16:05

De facto, foi mais um Prós & Prós... a juntar a muitos outros que têm vindo a passar na RTP, desde que entramos em 2009 (ano eleitoral)

Veja-se bem os temas escolhidos e as personagens que os discutem...
Sem imagem de perfil

De palestiniano a 17.03.2009 às 19:35

para mim existe deus. acima está o santo silva. muito bom texto, revejo-me em todas as suas palavras
Sem imagem de perfil

De maria a 17.03.2009 às 19:40

Portugal é o único país europeu com colónias no passado que nunca indemnizou os portugueses que vieram sem nada de Angola. Ouviu-se alguma dessas vozes?
Imagem de perfil

De Paulo Ribeiro a 17.03.2009 às 21:29

a propósito. porque carga d'água os antigos defensores do MPLA e inimigos da UNITA viraram o bico ao prego? ai! que a pimenta na língua dos outros... é refresco para mim! então os caríssimos têm um país em reconstrução depois de uma guerra fratricida e já querem que aquilo seja uma espécie de paraíso na terra? vamos com calma, que uma Coreia do norte não se faz num simples estalar de dedos!!! uma pergunta? será que o BE vai fazer uma nova universidade de verão? eh pá, desta vez, quero ir! ocupar uma casa com imperialistas lá dentro é giro, contudo, penso que não se devem alterar estratégias vencedoras, género... atacar esses sacanas do milho transgénico ou lá o que é!

já agora e também a propósito do programa em "crise". gostava de ver debatida a estratégia europeia do BE . sim, aquela parte de lembrar ao PM que estiveram 200000 reformados e pensionistas do PCP, uns quantos trabalhadores assustados com o desemprego e, outros tantos, trabalhadores da máquina de emprego que são as autarquias locais da margem sul do tejo ... que até tiveram direito, em tempo de crise, a um dia de tolerância de ponto para irem passear a lisboa ... ai! era velos contentes ao final do dia! ali atirados pelas "docas" a passear a pevide. ah! e o regresso a casa. pela Transtejo. com o dever cumprido e a garganta rouca. uma história para contar ao chefe e apontador.
Sem imagem de perfil

De rutra a 17.03.2009 às 22:04

Num país como o nosso onde umas boas dezenas (ou centenas?) de familias enriquecerem trabalhando sol a sol na corrupção, o amigo está preocupado com a familia ESantos?
Por favor... não matem a galinha de ovos de diamante... Angola será(aponte) a salvação de Portugal .. cá e lá...Se estiver interssado eu explico-lhe o porquê!

Para consolo do seu ego patriótico:
MPLA venceu em Portugal
a UNITA foi derrotada em Inglaterra por Vale e Azevedo!
Imagem de perfil

De Nuno Castelo-Branco a 18.03.2009 às 00:36

Ora tomem lá, para aquecer. Ainda me lembro do Sá carneiro dizer que o exército português de Moçambique era uma "força de ocupação" estrangeira. Foi contra este tipo de déspotas que as F.A. lutaram - e muito bem! - em África. PS, PPD e PC, eram o governo quando da "descolonização". Agora, não se queixem!
Sem imagem de perfil

De João Gonçalves a 19.03.2009 às 00:51

Pacheco Pereira no seu blog aponta essa mesma situação... afinal não está sempre isolado quando se fala em "situacionismo"

Comentar post