Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Magalhães a 220€. É pegar ou largar.

por Carlos Nunes Lopes, em 27.03.09

No "Ocasião": 220 Euros.

Fnac: 285 Euros

Worten: 349 Euros

Rádio Popular: 282 Euros

 

Entretanto, o Ministério da Educação diz desconhecer que os Magalhães estejam a ser negociados no mercado negro.

Autoria e outros dados (tags, etc)


comentários

Sem imagem de perfil

De Anónimo a 27.03.2009 às 13:15

O Ministério da Educação é como o Banco de Portugal. Ninguém sabe nada de nada, têm vergonha de saber e raiva de quem sabe.
Sem imagem de perfil

De Carlos Santos a 27.03.2009 às 14:10

Deviam ter lata. Desde quando é que depois disto: http://ovalordasideias.blogspot.com/2009/03/o-enterro-das-teses-economicas.html

a direita pode alegar perceber de mercado?
CS
Sem imagem de perfil

De Jorge a 27.03.2009 às 14:59

Olhó spam fresquinho! Spam! Spam! Lovely Spaaam!
Sem imagem de perfil

De JP a 27.03.2009 às 14:14

Desde quando é que o Ocasião é mercado negro?!?!?
Dizer que há Magalhães a serem vendidos em mercados paralelos é um mito...
Isso é uma campanha negra contra o Governo!
Sem imagem de perfil

De Nuno Delgado a 27.03.2009 às 14:46

E qual é o drama?
Não haverá coisas mais relevantes com que fazer oposição política? Não terá o PSD temas mais pertinentes para discutir?
Não, é tudo assim! Estamos incondicionalmente entregues à mediocridade de uns e de outros.
Triste sina a nossa.
Sem imagem de perfil

De Bejense a 27.03.2009 às 16:39

e ouvi dizer q ha quem gaste o rendimento minimo em droga e tb quem gaste o abono de familia em vinho...

olhe la se voce comprar um magalhaes mais barato para o seu filho e em vez de o dar ao miudo para ele o utilizar o besuntar com vaselina e o enfiar no fundo da rua da benificência a culpa tb é do governo?

honestidade intelectal vai um «cadinhoi»?
Sem imagem de perfil

De Pedro Tomás a 27.03.2009 às 16:57

Desde que a máquina de tecer foi inventada não deve ter havido maior campanha contra um passo em frente.

Os Gato Fedorento já mostraram uma dúzia de utilizações imprevistas para o Magalhães. Bom para aquecer sandes, por exemplo. Os Gato Fedorento estão no seu papel, que é tratar a sociedade com derisão. Jornais, blogues e partidos olharam à lupa o negócio da empresa fornecedora do computador. Fizeram bem, há que não deixar levarem-nos na curva. Já percebo menos a sanha que alguns professores dedicam ao Magalhães. Não como piadéticos (que podem ser como qualquer Ricardo Araújo Pereira), nem como críticos do negócio (que devem ser como qualquer cidadão). Refiro-me à sanha de torpedearem o Magalhães na sua função de primeiro computador das crianças das escolas. Faz- me espécie essa campanha. A farpa de ontem é de uma professora de Benfica que sugere que já há Magalhães no mercado negro, vendidos pelos pais. E deu como prova: quando o computador é necessário na aula, os alunos faltam. Ainda não tinha ouvido essa culpa do Magalhães, levar a faltar a aulas. Desde que a máquina de tecer foi inventada não deve ter havido maior campanha contra um passo em frente.

FERREIRA FERNANDES
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 27.03.2009 às 17:16

Não percebi o post. O Ocasião é "mercado negro"? Alguém comprou um computador e alguém o colocou à venda. Qual é exactamente o problema, alguém se importa de explicar?


Pedro
Sem imagem de perfil

De Bejense a 27.03.2009 às 17:17

so para acrescentar que ao fundo da Rua da benificencia (em Lx) fica o Rego.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 27.03.2009 às 17:21

Por que não pede factura ao tipo que está a vender um computador NOVO abaixo do preço de mercado?
O magalhães podia ter sido uma boa iniciativa. Mas assim, e com o meu dinheiro custa um bocado. Quem não se queixa é a JP Sá Couto. Está tudo vendido à cabeça e sem concurso...
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 27.03.2009 às 17:28

Ó Prefiro, olha vê se assim faz mais sentido:

"A compra de cadeiras para aquela escola podia ter sido uma boa iniciativa. Mas assim, e com o meu dinheiro custa um bocado"


Pá, ou o magalhães foi boa iniciativa, ou foi uma má iniciativa, decide-te.

Pedro
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 27.03.2009 às 17:38

"Troco magalhães novo na caixa por iphone desbloqueado"
Mas não é mercado negro. Passo factura e tudo. O contribuinte associado é o da professora...

Comentar post