Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




propaganda e promiscuidade PS/Estado sem fim.

por Carlos Nunes Lopes, em 27.04.09

Fui informado há pouco que uma escola do 1º Ciclo de Castelo de Vide foi contactada para uma reportagem sobre o computador "magalhães".

O contacto foi feito por alguém que se identificou como estando a falar em nome do Ministério da Educação.

Os professores pediram então autorização para recolha de imagens aos pais das crianças.
Na data marcada foi efectuada a reportagem em nome do Ministério da Educação.
Sucede que no dia 22 de Abril, a comunidade escolar de Castelo de Vide ficou chocada com o resultado da reportagem.
Os pais, alunos e professores verificaram, pela televisão, que não se tratou de uma recolha de imagens para o Ministério da Educação, mas antes para um tempo de antena do Partido Socialista.

Espero que as responsabilidades sobre mais este lamentável episódio sejam apuradas.

Actualização: Continua aqui (com excertos do tempo de antena)

Autoria e outros dados (tags, etc)


comentários

Sem imagem de perfil

De Alberto a 29.04.2009 às 18:49

O que se passou no Agrupamento de Escolas de Castelo de Vide é mais um sinal claro da nossa DEMOCRACIA. O senhor Coordenador da Área Educativa do Alto Alentejo Norte (penso que a designação está correcta), em nome do Ministério da Educação OBRIGOU o CD a permitir as filmagens. Para não fugir à regra, até foi AUTORITÁRIO.Argumentou que se tratava de filmagens para um trabalho do ministério sobre o impacto do "Magalhães". Tudo em cima da HORA, claro! O CD mal teve tempo de enviar uma pedido de autorização aos pais, para que estes permitissem que os filhos fossem filmados. O CD, os professores ,os alunos e os pais foram ENGANADOS; merecem um pedido de desculpas públicas por parte dos responsáveis. O que a dizer Mário Soares sobre estas práticas "democráticas" de propaganda do NOVO REGIME ?

Comentar post