Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Retro-adeptos

por Bruno Vieira Amaral, em 29.04.09

Ontem, Vital Moreira. Hoje, Rui Tavares. Afinal, em tempos longínquos, o PSD já foi um grande partido. Vital Moreira diz que este PSD está descaracterizado, abandonou a "pulsão reformista" e a "dimensão social" que, presume-se, seriam glórias laranjas. Vital lamenta também que o PSD já não seja "o partido da modernização das infra-estruturas". Rui Tavares afirma que Manuela Ferreira Leite acabou com "o partido do risco, da internacionalização e da concorrência". Notável. A exaltação dos méritos passados dos adversários com intenção de aumentar o contraste com as misérias actuais não é uma inovação retórica desta dupla de euro-candidatos. Mas apetece perguntar por onde é que andavam estes retro-adeptos quando o PSD era o partido fantástico que descrevem.


lavagem de mãos e outras medidas profiláticas

Sem imagem de perfil

De jorge c. a 30.04.2009 às 01:33

Ui! Parecia uma revienga do Edilson! Muito bem feita mas inconsequente!

Comentar post