Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Não desculpem coisa nenhuma.

por Afonso Azevedo Neves, em 30.04.09

Uma agência de comunicação tratou da encenação, arranjou uma sala de aula, uns miúdos catitas, uns gadjets e enfiou lá o PM mais os jornalistas. Dessa vez um miúdo lá se distraiu e deitou tudo a perder, afinal não era uma sala de aula, não era uma escola, não eram alunos. Era tudo para o boneco. Dessa vez o PM não sabia, não tinha que saber, para Ministra era um pormenor irrelevante.

 

Irrelevante ou não,desta vez e por causa das tosses, uma escola foi contactada, os pais também, pelo Ministério da Educação. Ora, a tutela pede, a escola obedece. As imagens vão parar a um tempo de antena do partido do governo.

O que faz o PM? Diz que a culpa é de outros, é da empresa, é de qualquer um mas não dele, aliás o próprio veste o fato de Secretário-geral do PS e pede desculpas das asneiras dos "outros"

 

Ora, Ana Travassos, presidente do Conselho Executivo do agrupamento de escolas de Castelo de Vide veio dizer na altura que o pedido “Não foi feito pelo Partido Socialista não. Nós tivemos um contacto da tutela, dos representantes do Ministério da Educação aqui no Distrito de Portalegre e na região de Évora, que é onde está a Direcção Regional, com a intenção de consultar crianças e pais”.

 

Isto é que se precisa de apurar, que o Secretário-Geral José Sócrates peça desculpas enquanto Vitalino Canas diz que a culpa é da empresa tal e tal, quero lá saber. O que é preciso que se esclareça é o papel do Governo nesta história, é que me parece que quem tem de pedir desculpas é Primeiro-Ministro José Sócrates.


lavagem de mãos e outras medidas profiláticas

Sem imagem de perfil

De Maria Lopes a 30.04.2009 às 15:11

Seppuku é o termo formal para o ritual suicida chamado popularmente de harakiri (...) Ele é feito para recuperar a honra pessoal ou limpar o nome da família, caso essa honra fosse perdida em alguma atitude indigna (...).
O PM não tem culpa que o Secretário-Geral do PS, tenha sido convidado por uma empresa que foi contactado pelo PS, para ir a uma escola, onde por mero acaso a PR do C.E. do Agrupamento de Escolas, é uma pessoa distinta da Ana Travassos. Ainda não percebi qual o vosso problema! Mais simples, que isto só mesmo o pudim Mandarim! O Vitalino Canas, que é do PS, e tem um cargo não sei onde, nem me interessa, que isso é lá com ele, é que sabe: a culpa é da empresa. Essa malvada.
As crianças? São um espécimen que fica sempre bem numa foto. Mas atenção, temos a endémica e a outra, da qual não me recordo o nome. Os pais das crianças? Felizes pelo "um dia, todos terão direito a 15 minutos de fama". Pena que sejam à custa de um desastre...

Comentar post