Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




O gestor da decadência americana

por Nuno Gouveia, em 07.05.09

No final da década de 70 havia uma corrente intelectual nos Estados Unidos que defendia que o seu poder estava ameaçado, e que Jimmy Carter seria uma espécie de gestor da decadência americana no mundo. Na década de 80 Ronald Reagan repôs a supremacia americana, e contribuiu para a derrota do império soviético.

 

Neste painel da tarde vários interlocutores têm referido que Barack Obama irá reposicionar o papel dos Estados Unidos no mundo, numa abordagem mais cooperante com a comunidade internacional. Têm surgido vários centros de poder no mundo, e os Estados Unidos já não têm a capacidade para impor a sua vontade aos restantes de forma unilateral.

 

Apesar de haver algumas similitudes em relação à década de 70, os desafios são outros, e mais do que isso, Obama não é Carter. Por muito que vários republicanos o desejem.  Por isso não acredito que Obama falhe neste primeiro mandato, e mais do que isso, que surja um Ronald Reagan em 2012.

 

A lógica da Administração Obama, tal como se vê na sua acção no Afeganistão, não será administrar a decadência americana, mas sim preservar a sua condição de nação indispensável. Como já defendi algumas vezes, os objectivos da política externa americana não mudaram assim muito (impedir um Irão nuclear, derrotar o terrorismo islâmico, vencer no Afeganistão…). O que se modificou são as tácticas e a abordagem diplomática. Se isso vai ter bons resultados, não sabemos. Mas a estratégia é preservar os interesses estratégicos dos Estados Unidos. E esses não se alteram por mudar de presidente.

 


lavagem de mãos e outras medidas profiláticas

Sem imagem de perfil

De Anónimo a 07.05.2009 às 16:52

Nuno, não se importa de explicar, resumidamente, como é que o Reagan contribuiu para a derrota do império soviético? Nunca percebi.

Pedro
Imagem de perfil

De Nuno Gouveia a 07.05.2009 às 17:10

Quando tiver tempo posso escrever sobre isso. Mas a bibliografia sobre o contributo de Reagan para o fim do império soviético é extensa...

Comentar post