Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Quem fala assim merece uma condecoração

por Rodrigo Moita de Deus, em 09.02.07

O antigo Procurador-Geral da República (PGR), Souto Moura, defendeu esta sexta-feira, no Parlamento, que nem a Polícia Judiciária nem o Ministério Público consultaram as disquetes que estão no «Envelope 9» do processo Casa Pia, sublinhando que ficaram esquecidas

Calma! Calma! Não houve violação de privacidade, nem qualquer outro problema com as disquetes. Simplesmente o ministério público pediu umas provas que entretanto ficaram "esquecidas". Ficamos mais descansados. Pelo número de processos arquivados ou que prescreveram nas mãos da procuradoria nos últimos vinte anos, sabemos mesmo que esta coisa de pedir provas para depois "esquecê-las" é prática comum.  


Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.





subscrever feeds