Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Valsa de um Homem Carente

por Carlos Nunes Lopes, em 20.06.09

A tarefa não era fácil. Sócrates teve apenas dez dias para ler o guião e representar esta nova personagem. A peça foi longa e não havia ponto.

Aqui fica uma singela homenagem pelo desempenho na apresentação pública da nova personalidade.

Autoria e outros dados (tags, etc)


comentários

Sem imagem de perfil

De Carlos Sá Carneiro a 20.06.2009 às 12:34

Imperdível!! Não resistimos copiar para o nosso blog http://grupo-da-boavista.blogspot.com/2009/06/valsa-de-um-homem-carente.html
Sem imagem de perfil

De Amêijoa Fresca a 20.06.2009 às 12:40

A lamber feridas
da derrota eleitoral,
as posturas mal geridas
são do conhecimento geral.

A valsa da humildade
tem um ritmo insidioso,
a penúria de verdade
é de um brilho radioso.

Brusca foi a guinada
a caminho da humildade,
mas daí não resulta nada
de genuína verdade.
Sem imagem de perfil

De Jorge a 20.06.2009 às 15:03

Pergunta: Acha que está a ser um bom primeiro-ministro?
Resposta: Estou muito satisfeito comigo.

Brilhante :)
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 20.06.2009 às 18:15

Muitos parabéns pelo vídeo! Estão em grande, uma vez mais.
Sem imagem de perfil

De Afonso a 20.06.2009 às 20:04

O Carlos acertou em cheio, assistimos todos a uma farsa. Ou não fosse o Pinóquio agora o Polichinelo
Sem imagem de perfil

De João Pacheco a 20.06.2009 às 20:32

Estão de parabéns! É isso mesmo. Uma farsa.
E o "falamansa" ainda se enganou a meio, com a história do "nunca houve um primeiro ministro que..." Ai, isso era o meu outro eu...
Sem imagem de perfil

De Carlos Narciso a 20.06.2009 às 23:14

um post assassino.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 20.06.2009 às 23:41

É por estas que acho que este é o melhor blog nacional.
Continuem.
Sem imagem de perfil

De damal a 21.06.2009 às 02:56

se o homem muda é porque muda se não muda e porque não muda,opiniões alaranjadas.
Sem imagem de perfil

De carlos graça a 21.06.2009 às 03:53


Até ás legislativas a coisa ainda vai dar muitos paso-dobles e cha-cha-cha....

Comentar post


Pág. 1/2