Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Não Irão mudar nada

por Henrique Burnay, em 22.06.09

Três dias depois das eleições iranianas o Conselho de Ministros da União Europeia emitiu um comunicado quase inócuo sobre o tema. Em resumo, tomava nota da situação, desejava que as aspirações do povo iraniano fossem alcançadas por modo pacífico e afirmava que a principal preocupação é que o Irão se comprometa com a comunidade internacional relativamente às suas ambições nucleares. A União Europeia gosta de falar da sua política externa destacando a preferência pelo soft power, a diplomacia, o diálogo, o multilateralismo eficiente, a ajuda ao desenvolvimento. A UE recusa o hard power das armas e não anda a promover a Democracia contra a vontade dos regimes. E no caso do Irão tem assumido uma regra: dialogar com o regime. E aceitar as exigências do Ayatolahs, mantendo (até quando foi possível) a resistência iraniana na lista das organizações terroristas, na esperança de que, em troca deste sinal de boa vontade o regime iraniano desistisse de querer ter armas nucleares. O insucesso desta via é manifesto. O que as manifestações  em Teerão mostram é que havia gente no Irão que não queria este regime, gente com ambições democráticas, saturada do zelo policial do clero iraniano. Esses são os que estão nas ruas, a apoiar um homem que, por acidente, é o símbolo das reformas desejadas (não um reformista, coisa que no passado nunca foi). É possível que muitos europeus estejam genuinamente entusiasmados com o romantismo revolucionário iraniano, mas é bom que saibam: a Europa não tem nada que ver com isto nem fez nada por estes manifestantes.

 

Um post 31daarmada/Meia Hora


lavagem de mãos e outras medidas profiláticas

Imagem de perfil

De Nuno Castelo-Branco a 22.06.2009 às 10:55

Talvez mude: vão até ao youtube e assistam a esta entrevista. Esperemos...
Imagem de perfil

De Nuno Castelo-Branco a 22.06.2009 às 10:55

Queria dizer: TNI Interview with Reza Pahlavi
Sem imagem de perfil

De J.S. teixeira a 22.06.2009 às 11:19

Vejam o mais recente artigo publicado no blogue O Flamingo (http://o-flamingo.blogspot.com/) sobre os prisioneiros de Guantanamo que virão para Portugal. Muito obrigado a todos que por lá já passaram e deixaram o vosso comentário.
Sem imagem de perfil

De clara a 22.06.2009 às 12:08

É romântico mesmo imaginar que Mousavi é um reformista, a candidatura dele foi apoiada pelo presidente do Conselho de Sábios, o Ayatollah supremo. É tão ou maisparte do clero como o actual presidente.
Sem imagem de perfil

De EO a 22.06.2009 às 12:39

Para formalizar a inscrição do Partido Pelos Animais junto do Tribunal Constitucional são necessárias 7500 assinaturas de cidadãos eleitores, e nós estamos a recolher assinaturas.
Coloca a tua assinatura nesta causa justa
http://esterilizacao-o.blogspot.com/

Comentar post