Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Ladrões

por Pedro Marques Lopes, em 13.02.07

É um dia muito triste para todos os adeptos do FC Porto. Segundo o Público há indícios de corrupção em três jogos deste clube. Porto-Leiria; Porto-Estrela da Amadora e, last but not the least, Porto-Maia.

Neste último, nomeadamente, a manigância foi levada ao extremo: encenou-se uma expulsão do Maccarthy, para que o árbitro pudesse deixar o FC Porto ganhar a esse potentado futebolístico que é o FC Maia.

Com o Leiria foi uma vergonha, pois os jogadores deste clube facilitaram para poderem vir jogar para o Porto. Parece, aliás, que a partir de agora o FC Porto vai estar proibido de comprar jogadores para não levantar suspeitas.

Antes do jogo com o Estrela, a uma jornada de se tornar campeão nacional e a quinze dias de ganhar a Liga dos Campeões, Mourinho, com a sua habitual sagacidade, terá afirmado a Pinto da Costa: “com o Manchester não havia problema e com o Monaco podemos nós bem, o grande problema é o Estrela da Amadora”. O que aconteceu, descobriu-se agora.


lavagem de mãos e outras medidas profiláticas

Sem imagem de perfil

De Nuno Gouveia a 13.02.2007 às 17:13

Caro Pedro Lopes,

Então não me diga que acredita em bruxas? Será que os indícios que surgem de histórias de corrupção são para deitar fora? Será que no futebol, onde reina o fanatismo e a confiança cega em dirigentes desportivos, temos atitudes diferentes em relação a outros assuntos da sociedade? Quando surgem histórias de corrupção na política, logo surgem críticas aos podres na política, ligações entre construtores civis, etc. Mas quando se fala de futebol, principalmente no nosso clube, tudo é reduzido a mentiras e calúnias. Afinal, o sr. Pinto da Costa é inocente em toda a matéria, e isto tudo não passa de uma cabala orquestrada pelos senhores do Sul. Espero que a sua atitude de descrença nos fortes indícios que existem seja idêntica em casos famosos, como o da CML, de Valentim Loureiro ou de Fátima Felgueiras. Afinal, isto é só calúnias e boatos.

Comentar post