Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Daqui movimento do 31 da Armada: Vai buscar Afonso Costa!


lavagem de mãos e outras medidas profiláticas

Sem imagem de perfil

De PORTUGUESA a 18.10.2010 às 13:28

VIVA A AUDÁCIA .....
Sem imagem de perfil

De Credito pessoal a 18.10.2010 às 20:52

lol, isto criou aqui algum frenesim
Sem imagem de perfil

De Jogos a 01.12.2010 às 20:54

Este é um dos melhores blogs portugueses, onde todos se podem exprimir livremente. Obrigado
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 18.12.2010 às 00:18

Vai um peido?
Sem imagem de perfil

De seu mal creado a 25.12.2012 às 21:49

nem pra moço d'estrebaria d'el rey servia
Sem imagem de perfil

De mudanças a 23.12.2010 às 13:06

Adorei o blog e a materiaa
Estão de parabens
Sem imagem de perfil

De (A) a 29.12.2010 às 14:43

Ora, em vez de ser toda a classe política a chular, acrescentando o patronato, os banqueiros, as corporações e o comum corrupto, seriam todos estes + o "eeeehh...eeeeh...isabelinha..eeehhh". Parece-me bem! Alias, acabem com a democracia, e deixem ser o escolhido pela mão divida ( como já aqui foi dito e bem ) a chular tudo sozinho! Eu cá até prefiro ser roubado por um do que por centenas deles ! Ao menos a injustiça fica muito bem retribuída. A democracia não nos permite escolher sistemas? A democracia é a pluralidade de sistemas integrados! Caso contrario os comunas já não existiriam, excepto lá nas festas do avante. A Monarquia teve o seu tempo, 700 e tal anos de tempo para governar. Vá, não podem dizer que foi pouco! E para além dos feitos conseguidos, dos quais há a salientar bastantes de índole positiva, existe também toda uma desigualdade social que a meu ver não é combatida com a entrega dos poderes soberanos a um gajo qualquer que não tem direito nenhum em pedir-me vassalagem (ainda acreditam em sangue azul?)


Quando é que aprendem que quando a monarquia reina, o republicano revolta-se; Se a republica é instaurada, o comuna revolta-se; Se o comunismo é instaurado,revolta-se o individualista.. é um processo que nunca mais acaba. 


Para além disso, e sem querer faltar ao respeito a nenhuma das partes envolventes ( porque alguma descontracção é sempre pertinente ) precisamos mesmo de mais um biblô por outrem-sustentado? 


(PS - O que faz Duarte Pio por Portugal? Visita instituições de solidariedade, toma conta das suas propriedades, recebe condes e Reis estrangeiros e vai a caça? Bom, que serviço público de excelência!)


Uma boa tarde, 


Sérgio
Sem imagem de perfil

De Luso a 06.03.2011 às 18:56

Apraz-me lamentar tanta asneira dita nos sites anteriores, porque só se viu neles insultos e nada de construtivo, o que mostra o nosso hábito de só dizer mal.

O site que apresenta ideias construtivas e com conhecimento de causa pertence ao amigo VIRIATO de viseu que explana com clareza os podres da nossa república gastadora e sugadora e que não abdica dos privilégios que usufrui e mande que os mais pobres paguem a crise, que para além de ser de nível internaciobnal também o é por culpa de quem nos governa e sob constantes mentiras.
Sem imagem de perfil

De viriato era thalassa claro a 25.12.2012 às 21:51

lutava contra a república romana que nos cobrava impostos...

e continuam cá...embora sejam mais gregos
Sem imagem de perfil

De D. Filipe S. a 24.05.2011 às 16:05

Esta gente anda toda preocupada com os privilégios do Rei, e não sei mais o quê, mas a verdade (que muitos gostam de "ocultar") é que na República também os há.

E não, não defendo o Rei e a Monarquia porque tenho um título nobiliárquico; sangue azul (o meu é bem vermelho, pelo que já tive oportunidade de ver); nem tenho nenhuma fazenda ou herdade, como já pude ler por aqui. Para essas pessoas, confesso-vos: estou a estudar história na faculdade; vivo num apartamento com o meu pai, que trabalha numa pastelaria; e com a minha mãe, auxiliar da acção educativa. Quanto a isto, nunca me poderão atacar.

De qualquer das formas, defendo a Monarquia Constitucional, visto considerar que é o único regime que protege os meus interesses como cidadão (creio que é do meu/ (de todos), interesse o de existir independência no cargo de chefia-de-estado. O que obviamente não existe numa República - o Presidente foi, na sua maioria, um PM, e teve um partido (exceptuando Ramalho Eanes, talvez). Um Rei parte de uma família - é verdade: e é a única maneira existente de o tornar independente dos lobbies políticos; sem mencionar a vasta experiência que pode ser delegada no futuro Rei no seu futuro cargo.

Enfim... são estas as razões pelas quais defendo a Monarquia Constitucional em Portugal.

E mais uma coisa: "não concordo com o que dizes, mas lutarei até à morte pelo direito de o dizeres" - não me recordo do autor, mas creio que a base do debate Monarquia vs. República deveria reger-se desta forma.
Sem imagem de perfil

De E viva Joseph I a 17.10.2011 às 23:02

E o império Centro Africano

Em África há reis de sobra e de soba é só importar meia-dúzia
Sem imagem de perfil

De que falsa idade a 25.12.2012 às 21:52

há cá uma falta deles nem os exportão

tirando a princesa da tv cabo...
Sem imagem de perfil

De Vitor a 28.10.2011 às 19:03

Depois do pessoal do PNR, vocês são os meus trolls favoritos.
Sem imagem de perfil

De Paulinho das Feiras a 29.12.2011 às 17:13

 Paulo Portas já não é conhecido como Provedor do Contribuinte ...
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 01.02.2012 às 22:08


Não vale a pena discutirem nem tecerem comentários desagradáveis, tanto os defensores da monarquia como os defensores da república. Penso que a questão é muito simples, ou seja um regime democrático deve permitir que os povo se pronuncie e escolha. Ora, estou em crer que ninguém sabe a percentagem de portugueses que escolheriam a monarquia e talvez houvesse uma surpresa se pudessem escolher.
Sem imagem de perfil

De a % de moitas? a 17.12.2012 às 21:02

1000% ou 200% delas

Comentar post