Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Daqui movimento do 31 da Armada: Vai buscar Afonso Costa!

Autoria e outros dados (tags, etc)


comentários

Sem imagem de perfil

De Paulo Afonso a 23.08.2009 às 23:55

Miguel:

Grato pela sua mensagem. Perante a constituicao todos os portugueses nascem iguais. Os monarcas, tanto quanto sei, podem tambem formar um partido com assento na Assembleia da Republica, se eleitos pelo povo. Se alguem em Portugal passa a ter direito a ser chefe de estado apenas porque e' filho de alguem - entao nem todos os portugueses serao iguais quando nascem. Esse e' um principio fundamental que a monarquia nunca podera' contornar. De resto creio que concordamos que discordamos nestas materias. A Belgica e' um exemplo ainda mais gritante de como um rei nao chega para unir o pais - 'a beira da divisao  francofona/flamenga ano sim ano nao.

Mas voltemos a Olivenca - ai' sim poderemos trocar ideias construtivas. Li na pagina dos Amigos de Olivenca : parecer do Conselho Consultivo da PGR, homologado, que estabelece que os naturais de Olivença têm direito a Bilhete de Identidade português.

Ora ai' esta' algo a fazer. Dado que os representantes da Republica andam a dormir no q respeita 'a questao de Olivenca, os srs. monarquicos poderiam dar a entender ao povo de Olivenca que nada terao a temer com o devolver  do territorio 'a administracao portuguesa. Se quiserem
continuar espanhois mjuito bem - mas podem requerer o BI portugues. Quantos terao asscendencia portuguesa e nao saberao dessa possibilidade. E' montar uma banca que sirva limonadas ao pessoal de Olivenca, ou vinho do Porto, como preferirem - bem no meio do castelo...e oferecer servicos legais de acompanhamento aos oliventinos que queiram deslocar-se a Elvas ou a Lisboa para requerer o seu BI. O Dom Duarte devia estar a gerir essa banca - e os srs. do 31 da Armada poderao levar as bandeiras monarcas que
quiserem pois a Republica Portuguesa ausente esta' - e monarquia por monarquia que seja a portuguesa em Olivenca. Para verdadeiramente acordar os representantes da Republica, se necessario apoio financeiro para deslocar os oliventinos 'a loja do cidadao mais proxima que emita BI...pois muito bem...o D. Duarte ainda tem alguma capacidade financeira para investir ou nao? Eu comprometo-me a financiar a emissao de 5 BI portugueses de cidadaos oliventinos, ate' cerca de 100 Euro de cada vez...que as minhas financas tambem nao esticam.

E convidar jornalistas para assistir ao montar da banca - que obviamente nao precisa de nenhuma autorizacao espanhola, pois estamos em territorio nacional. O D. Duarte pode ate' mesmo conviar o "primo" Juan Carlos para estar na banca tambem!! Eu convidava!!

Ler ainda extracto de entrevista de D. Duarte ao jornal Diabo:

O Diabo (23/09/2008)

O DIABO - Há quem diga que esta é a altura certa para colocar a Questão de Olivença na agenda política... concorda?
DOM DUARTE DE BRAGANÇA - Esta altura é tão boa como muitas outras, mas o facto de estarmos os dois países juntos na União Europeia facilitaria uma solução inteligente. Por exemplo, Olivença poderia ser um principado autónomo e zona franca como Andorra, em que os chefes de Estado fossem o Presidente da República de Portugal e o Rei de Espanha. Ou mais simplesmente reconhecido como território português sob administração autónoma, e a população teria dupla nacionalidade e gozaria das vantagens de uma zona franca. Certamente que essa proposta seria aceite com o maior interesse pelas suas gentes. Poderia até ter selos de correio próprios!

Bom - o' pessoal do 31 da Armada...aqui ha' lugar a fazer algo que a Republica nao faz. Voces teriam o aplauso de todo o pais - e alem disso aumentariamos a populacao portuguesa.

Enfim - a ideia aqui fica em bruto. Os advogados que a refinem.

Ate' +

Paulo Afonso 

Comentar post