Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Não dês bandeiras, pá.

por Vasco Campilho, em 11.08.09

 

Autoria e outros dados (tags, etc)


comentários

Sem imagem de perfil

De http://bacharelsocrates.blogs.sapo.pt/ a 11.08.2009 às 02:35

Achei piada á vossa iniciativa e porque queixavam-se dadivulgação, eu tomei a iniciativa de contactar a TSF e a SIC.
 Horas mais tarde 52 editoriais acerca do vosso blog.

 Agora a minha recompensa é anunciar aqui o meu blog.

 http://bacharelsocrates.blogs.sapo.pt/ (http://bacharelsocrates.blogs.sapo.pt/)
Sem imagem de perfil

De sofas a 13.10.2011 às 19:31

Eu não tenho BLOG, mas anuncio na mesma :

http://www.facebook.com/moveis.design

Abraço
Sem imagem de perfil

De KLATUU O EMBUÇADO a 11.08.2009 às 02:56


Não esqueçam: arranjem também um gráfico de quantos monárquicos apoiam a vossa bravata de garotos... E depois perguntem ao Senhor Dom Duarte se está de acordo que o prestígio e honra da causa monárquica sejam colocados ao serviço da publicidade a um blogue...
Sem imagem de perfil

De Maria Adelaide a 11.08.2009 às 05:38

Foi uma belíssima bofetada, na cara desta  República  de Burgueses Nobilitados e Nobres Aburguesados, que assassinaram o Rei e tomaram o poder em nome do Povo, que nada lhes pedira, e a quem  depois, ou mataram ou atiraram para uma vida de miséria.
Como Povo que sou, dispenso lições de moral.
Sei muito bem, o que esteve subjacente à implantação da república.
E a análise do seu percurso até hoje, só confirma os intuitos mercantilistas  que a norteou.
Portanto, podem levar de volta a vossa falsa fraternidade, a vossa falsa igualdade, a vossa falsa liberdade.
E parem de repetir as frases vazias da moral de pacotilha, do políticamente correcto. 
Fomos nós quem passou fome. Foram os nossos pais que morreram.
Para que umas dúzias de medíocres se passeassem pelos Palácios que não construiram,  vendessem a terra que nunca lhes pertenceu e amesquinhassem a História que desconhecem.

Maria Adelaide



 
Sem imagem de perfil

De KLATUU O EMBUÇADO a 11.08.2009 às 08:17

Não, foi puro exibicionismo, e é precisamente enquanto monárquico que rejeito a iniciativa como representando o todo dos monárquicos. Além de que o meu ideal de uma monarquia democrática parlamentar não é feito de ressentimento nem de ódio contra nada nem ninguém, mas de amor a Portugal e fidelidade ao Senhor Dom Duarte, e por, em funda consciência e análise política de toda uma vida, ter chegado à conclusão que a monarquia seria o melhor para o nosso País.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 11.08.2009 às 11:46

Leia as declarações de D. Duarte hoje ao DN. Vai ficar surpreendido.
Sem imagem de perfil

De KLATUU O EMBUÇADO a 11.08.2009 às 19:41


Nem um pouco, amigo medroso, nem um pouco: de há algum tempo a esta parte que Sua Alteza Real se rodeia de maus conselheiros, gente que odeia a república e que acha que a monarquia se faz contra a república... Mas não; no contexto político-filosófico contemporâneo, uma monarquia democrática parlamentar impõe-se por si mesma, como uma melhor forma governativa, no contexto cultural específico de alguns países da Europa Ocidental.
Estas estratégias de «nenhuma política e menos filosofia», ao nível de um vendedor de cobertores em feiras (usam um micro e dão ofertas...) só fazem rir a estirpe de monárquicos com que espiritualmente me identifico. E só.
Daqui a umas semanas isto estará esquecido. E depois há Portugal...
Viva o Rei!
Sem imagem de perfil

De KLATUU O EMBUÇADO a 11.08.2009 às 19:50

P. S. Já agora... Boa parte de vossas excelências, e dos republicanos (serão?; eu conheço alguns maiúsculos republicanos...) que para aqui vêm destilar não sei que frustrações, nem sequer sabem o que é república e o que é monarquia.

Nunca tivemos república neste País; vivemos há um século numa semi-monarquia aleijada. E as duas nações modelares para tanto republicanos (desses que andam por aqui): a França e os EUA - não passam de monarquias electivas, uma espécie de anacronismo histórico, falsário e patético.

Uma monarquia democrática parlamentar é a mais justa das res publicas. E todo o Rei deve isto gravar bem fundo na sua alma: o Trono de um monarca é o Povo!
Sem imagem de perfil

De KLATUU O EMBUÇADO a 11.08.2009 às 20:03

P. P. S. E para esses republicanos de blogue:

A monarquia é um  regime e não uma ideologia; contudo, existem perspectivas monárquicas ideologicamente de «esquerda», desde, pelo menos, a Revolução Francesa, e até formas revolucionárias, cujo ideário de justiça último, fariam tremer tanto senhor republicano tão burguezmente agarrado aos seus teres e haveres...
Sem imagem de perfil

De PiresF a 12.08.2009 às 02:55

Ó Klatuu, não sei como ainda te dás ao trabalho de educar bobos.


 

Deixa passar uns dias, deixa a poeira assentar e vais ver os betinhos com o rabinho apertado.
Sem imagem de perfil

De KLATUU O EMBUÇADO a 12.08.2009 às 04:45

Olha, Pires, também não lhes desejo qualquer mal, e espero que haja bom senso da vossa parte, republicanos, e que a quem compete administrar a justiça e a coisa pública leve a «coisa» de ligeiro... Mesmo já tendo eu percebido que há quem ache que esteve na Batalha de Toro e queira ser martirizado à força; por que causa é que ainda não entendi de todo.
Sem imagem de perfil

De antonio miguel a 11.08.2009 às 03:04

A repercução deste gesto de içar a Gloriosa Bandeira Monárquica na CML já foi muito significativa....Urge medidas ainda mais espectaculares, para agitar as consciencias adormecidas à sombra desta Republica das Bananas, que leva cem anos parindo bananeiros republicanos peritos no gamanço, que têm  levado o País para o index dos Paises respeitáveis. Que se restaure o Glorioso Reino de Portugal, pioneiro da Globalização.
Imagem de perfil

De Carlos de Vasconcelos Tavares a 11.08.2009 às 03:13

Um pequeno passo agora, mas esperemos que ajam mais a caminho;
Eu sou dos que desejam modança e espero por oportunidade.
Foi muintisimo interessante esta iniciativa.
VIVA PORTUGAL VIVA O REI.
Sem imagem de perfil

De Daniela a 11.08.2009 às 04:13

Credo... você gosta tanto de Portugal que até escreve noutra língua só para não gastar o português...
Sem imagem de perfil

De João a 11.08.2009 às 06:21

Uma ideia engraçada, mas de todo inútil. Mais útil no entanto que tudo o que os monárquicos fizeram nos últimos 100 anos pelo regime monárquico.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 11.08.2009 às 07:35

Parabéns a esse pessoal de sangue azul que teve a coragem de carregar um escadote por meia Lisboa sem que lhes caíssem os parentes na lama!

Agora voltem lá para as vossas vidinhas pagas pelo povo Republicano!
Sem imagem de perfil

De João a 11.08.2009 às 08:01

Conseguiram um grande numero de visitas!

Darth Vader a Rei, já!

Abaixo o Império!
Sem imagem de perfil

De jorgebrunabrito a 11.08.2009 às 08:22

Isto anda lindo, anda!?


Só demonstra a fragilidade de uma nação, andam os bichos preocupados com os terroristas internacionais e coisinhos parecidos.


Outra face da moeda é as “audiências” que vai gerar esta acção, por isso comento hoje, e “saco” visitas, pois de certeza que irão investigar cada macaco que vêm a este blogue.


Para finalizar a coisa, vivi finalmente numa Monarquia local durante 12horas, já só me falta escrever um livro.


E um bem-haja!?


p.s.- QQ dúvida neste contacto por favor contacte-me directamente, deixo o mail para que não haja dúvidas. Jorge.brito.13gmail.com

Sem imagem de perfil

De Joao Fernandes a 11.08.2009 às 08:29

Tranquilos... no pasa nada.
Mas, para o caso de terem de enfrentar a "Justiça" (ah ah) portuguesa, eu deixava estas sugestões:


#1 - faltam sucessivamente às sessões de tribunal - ou não conseguem arranjar uns atestados médicos?


#2 - arranjar um arrependido, os outros negam sempre tudo. Depois o arrependido vai preso e os outros são condenados; mas tarde o Presidente da Republica - ou o Rei, na altura que o julgamento acabar - amnestia o pessoal todo; e para culminar a accao, serao todos promovidos a coronel


Saudações Republicanas
Sem imagem de perfil

De amidala a 11.08.2009 às 09:09


Posso dizer que só ontem reparei que este blogue do 31 armada tinha a ver com o 31 e que eram todos uns plebeus. Sois portanto vassalos e plebeus e tendes orgulho em ser plebeus e vassalos o que me agrada. Aind apor cima fazeis umas palhaçadas e cada corte tem os seus bobos.



Comentar post


Pág. 1/2