Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Repent, repent, repent

por Pedro Marques Lopes, em 15.02.07

Parece que anda gente assustada com o chamado pacote Zapatero ou coisa que o valha. Por mim, não era preciso Zapatero nenhum, para me dizer que os homossexuais têm tanto direito a casar como os que não são. Também não precisava do dito senhor para me informar que o casamento é uma instituição civil que discrimina, objectivamente, os homossexuais.  

Acho curioso que se fale destes assuntos nesta altura. É para que? Para demonstrar que o diabo vem aí e que a legalização da IVR foi apenas o principio da dissolução dos costumes? É para dar ideias aos “inexistentes” liberais? É para arranjar guerras de alecrim e manjerona com a esquerda radical?

Para quem dizia que o aborto era um tema não importante para Portugal, é interessante ver que é uma certa direita a “puxar” o tema.

Para um homem de direita, como eu, é triste ver que, os únicos temas que excitam as pessoas da minha cor são temas que dizem apenas respeito à dignidade das pessoas e que nada têm a ver com posições ideológicas.


lavagem de mãos e outras medidas profiláticas

Sem imagem de perfil

De Tiago Mendes a 16.02.2007 às 02:14

Se nao fosse o "gender issue", dizia exactamente o que disse a f. - "ganda pedro. ai lôbe iu."

Bom, "granda Pedro" ainda posso dizer. So' acho que es demasiado qualquer-coisa-que-nao-sei-bem-o-que quando dizes que certa malta e' da "tua cor". Ok, se so' houverem duas equipas em campo, e' possivel que estejam do teu lado. Mas da "tua" cor tem muito pouco.

Abraco,

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.





subscrever feeds