Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]




União de facto republicana

por Luís Filipe Coimbra, em 25.08.09

Como diria o comentador Rui Santos, - Ai!, Ai!, Ai!

Então queriam que um Chefe de Estado eleito pelos votos da direita, traísse o seu eleitorado e virasse o bico ao prego e não vetasse a lei das uniões de facto aprovadas pela esquerda?

Conviria recordar à esquerda republicana, que em República o Chefe de Estado nunca foi nem será imparcial.

Que tal os meus queridos amigos republicanos irem até aos reinos da Holanda ou da Suécia para reverem os seus tabus ideológicos?


lavagem de mãos e outras medidas profiláticas

Sem imagem de perfil

De Luis Inácio a 25.08.2009 às 22:41

Quero lá saber do socialismo da gaveta ou no autoclismo e do Soares, Quero Soluções e não de balelas e faits divers ou de 31s Armados em nada. Sabes dá-las? Então estás à espera de quê? Vá, deixa-te de conversa fiada, mexe-te! Tens emprego para 507.000, tens comida para 2.000.000 de famintos, então mexe-te pah.
Sem imagem de perfil

De Luis Inácio a 25.08.2009 às 22:55

31 da Armada e 5 Prà Meia-Noite.  Tudo farinha do mesmo saco, uns no mediatismo cibernético os utros no entertainment business pagos para existirem por partidos e por gente tenebrosa que não dá a cara, e que de outra forma nunca chegariam a ter acesso ao 4º Poder e que apenas visam distrair a Populaça e a Matulagem daquilo que realmente interessa: Por o País na Ordem e retirar o Poder, Privilégios e Mordomias às "ELITES" que nunca deviam de ter tido.

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.






subscrever feeds