Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Aprovada a lei das "uniões sexuais fortuitas"

por Sofia Bragança Buchholz, em 29.08.09

"(...) A partir de agora, antes de começarem uma "união sexual fortuita" as pessoas serão obrigadas a fazer uma declaração de intenções, por escrito. As questões patrimoniais também são tidas em consideração. Se uma das partes da "união sexual fortuita" não contactar a outra nos dois dias seguintes ao início da "união", objectos ou haveres esquecidos na residência de uma delas passarão automaticamente para a propriedade da vítima.
Recordemos que a lei sobre as "uniões sexuais fortuitas" vem na sequência de outras leis "de costumes" aprovadas pelo PS neste fim de legislatura: educação sexual no pré-escolar, lei da coabitação temporária e o novo regime das escapadelas ao almoço. Leis que o PS optou por agrupar neste Verão antes eleições de 27 de Setembro.
"

 

A Silly Season pela fantástica mão do Pedro Lomba [que quase me fez acreditar neste texto].

 

Tags:


lavagem de mãos e outras medidas profiláticas

Sem imagem de perfil

De João Afonso Machado a 30.08.2009 às 01:05

Ainda é pior do que a legislação de caça: declarações, licenças, fotografias, certificados, cadeados, cofres para as armas...
Será que isto é para dar emprego aos desempregados.
Em matéria de uniões de facto não é de certeza.
Fortuito por fortuito...

Comentar:

CorretorMais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.






subscrever feeds