Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




 

 

 

 O BE chega ao poder, por coligação ou acordo parlamentar. O que se passaria, de acordo com o programa eleitoral de Louçã:

 

Domingo.

 

22h00 Louçã vai festejar.

17h15 (hora local, Caracas) Chavez liga a dar os parabéns.

 

Segunda-feira

"Avançar com um plano de nacionalização do sector energético - Galp e EDP -. A energia, a água, as vias de comunicação, ostransportes públicos, entre outros serviços públicos, têm de ser controladas por todos." (pág. 14).

 

08h00 Bolsa de Lisboa. Os pequenos accionistas da Galp, EDP e Brisa vêem as suas acções perder o valor enquanto correm para as vender. Não querem ter participações em empresas controladas por um governo que acha que elas não podem ter lucro.

18h00 A Ruptura-FER exige a saída da GNR de Timor para parar  de "ajudar o governo a reprimir a população".

 

Terça-feira

"Regulamentação das Medicinas Não-Convencionais, promovendo a formação, certificação, autonomia e auto-regulação." (pag. 22).

"legalização do consumo e docultivo para uso pessoal da cannabis." (pag. 31)

 

12h00 Louçã inaugura as hortas comunitárias de Lisboa com plantações de cannabis para consumo próprio. Um cultivador entusiasma-se com a inauguração e magoa-se, decidindo ir aviar uma receita para centrar os seus chakras.

20h00 A Quarta Internacional expulsa o Bloco de Esquerda pela "participação ou de apoio a governos de colaboração de classe, hoje em dia governos com a social-democracia e o centro-esquerda"

 

Quarta-feira

"A banca, os seguros e todo o sector financeiro são decisivos para a actividadeeconómica, para o crédito e para a vida das pessoas e por isso devem ser públicos" "(pag. 55).

"crescente taxação da entrada de automóveis nos maiores perímetros urbanos." (pag. 83)

"prescrição médica de substâncias hoje ilegalizadas, como o são a heroína ou a cocaína"(pag. 30).

 

07h30 Comissão Europeia ameaça Portugal com sanções pela não indemnização das nacionalizações da banca. Investidores estrangeiros abandonam Portugal. VW e Renault fecham as portas. António Chora sai do BE.

10h00 Manifestações em Lisboa e Porto dos Sindicatos da EDP, GALP e Brisa. Engarrafamento de 30km nas novas portagens de entrada em Lisboa. 

23h00 O cultivador magoado ainda não melhorou, decide ir aviar uma receita de cocaína.

 

Quinta-feira

 "A investigação científica na área das renováveis, em particular na microgeração e redes locais, deve serincentivada nas universidades públicas, ficando o Estado com a patente das tecnologias avançadas." (pag. 69).

 

 "extensão dos critérios de atribuição do rendimento social de inserção, para abranger os necessitados" os jovens, os desempregados de longa duração, os desencorajados"(pag. 18)

“ Impedir posição dominante no mercado de jornais nacionais generalistas e na imprensa especializada mais relevante (economia e desporto)” (pag. 92)

 

09h00 Os investigadores portugueses e jovens doutorados entopem o RSI por estarem "desencorajados", outros saem de Portugal.

18h00 Benfiquistas saem à rua por causa do governo quer proibir A Bola.

19h00 Sportinguistas e Portistas saem à rua por discordar que A Bola seja mais dominante do que o Record ou O Jogo.

 

Sexta-feira

"Legalização da morte assistida" (pag. 23)"

 “fim da OMC, do FMI e do Banco Mundial” (pag. 108)

“Portugal deve sair da NATO e pugnar pela extinção deste e de todos os blocos militares. Portugal deve defender o desarmamento geral e universal” (pag. 110)

 

13h00 A Al-Qaeda apoia o governo português.

14h00 Chavez declara que não vai desarmar o exército bolivariano da Venezuela nem cancela as compras de armamento à Rússia.

 

Sábado

“Os pagamentos em espécie devem ser tributados (como o usufruto de viaturas de serviço e o uso livre de telemóveis) (pag. 53).

 

Ao ler a notícia no Expresso os portugueses convocam por sms – antes que a medida entre em vigor na próxima semana- uma greve geral por perda dos direitos.

 

Domingo

"Fim de rodeos" (pag. 76)

 

Os portugueses descobrem que, até aí, havia rodeos em Portugal e não sabiam. A única boa notícia da semana. 


lavagem de mãos e outras medidas profiláticas

Sem imagem de perfil

De tric a 11.09.2009 às 23:39

Hoje o CDS é Simplex...

um voto no CDS é cristalinamente um voto em Socrates
Sem imagem de perfil

De Nuno Ramos de Almeida a 11.09.2009 às 23:46

Diogo,
Lá porque o Louçã se referiu a ti no debate (o assessor que não sabia fazer contas), não devias ser vingativo e usar as cábulas que fizeste para o patrão num post . É batota.

Abraço,
Nuno
Imagem de perfil

De DBH a 12.09.2009 às 00:01

Tito,

As contas estão certas. Já devias saber que, por isso, não fui eu que as fiz...

Tão certas, aliás, que Louçã se apressou a dizer que tinha mais uma outra proposta para as pensões.


Abraços,
Diogo
Sem imagem de perfil

De Freeport a 11.09.2009 às 23:56


Na minha opinião, és parvinho de todo ó DBH!
Image
Imagem de perfil

De DBH a 12.09.2009 às 00:03

Freeport, "de todo" também me parece um exagero. Às vezes, enfim...
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 14.09.2009 às 18:16

olha, um xuxa
Sem imagem de perfil

De Cesar de Oliveira a 12.09.2009 às 00:04

os meus parabéns. não é qualquer um que consegue resumir o atlas shrugged em poucas linhas :)
Imagem de perfil

De DBH a 12.09.2009 às 00:09

César "Rand" Oliveira,

Também nem tanto! Obrigado na mesma.
Sem imagem de perfil

De Ega a 12.09.2009 às 00:48

Louçã cissia a Revolução.Ele conhece a poção mágica.
E eu tenho 19 anos, frequento o 11º, uso rabo de cavalo e só corto os pelos da barba 1 vez por semana. Gosto de brincos na orelha e de jeans comprados já com buracos nos joelhos.
Viva Portugal!
Sem imagem de perfil

De Ega a 12.09.2009 às 00:53

E perdoe V. ex.cia, Sr Ministro:
Não gosto de estudar e menos de trabalhar. E não há meio de chegar o subsídio.
Fascistas!
Sem imagem de perfil

De Anónimo, porque sim... a 12.09.2009 às 00:55

... mas de centro-direita.

"legalização do consumo e docultivo para uso pessoal da cannabis." (pag. 31)

Nesta medida não vejo mal nenhum... em relação ao álcool a única diferença é a possibilidade da produção particular, mas como não à outra legal, é razoável.


Sem imagem de perfil

De errata a 12.09.2009 às 00:55

"...há outra legal..."
Sem imagem de perfil

De Ega a 12.09.2009 às 01:04

Não há nada. Abaixo os copos. Viva a ganza! Isso é que é moderno. Seus antiquados salazaristas!
Sem imagem de perfil

De Ana Cardoso a 12.09.2009 às 01:13

Fantástico... vou divulgar, quer dizer roubar, quer dizer... pedir emprestado
Sem imagem de perfil

De Cavaleiro de Aguiar a 12.09.2009 às 01:20

Antes do 5º. dia tinha de ser "despachado" com várias azeitonas de Elvas (chumbo) e, bem assim, mais alguns compinchas.

 
Sem imagem de perfil

De Estovaldo Furûncio a 12.09.2009 às 02:52

Havia mais para referir, mas estas foram as que me fizeram rir mais:

"12h00 Louçã inaugura as hortas comunitárias de Lisboa com plantações de cannabis para consumo próprio. Um cultivador entusiasma-se com a inauguração e magoa-se, decidindo ir aviar uma receita para centrar os seus chakras....
23h00 O cultivador magoado ainda não melhorou, decide ir aviar uma receita de cocaína."

AHAHAHAHAHAHAHAHAHA! LOLOLOLOl AHAHAHAHAHA!

Num pais desenvolvido estes tipos ficavam atrás da Carmelina Pereira.





Sem imagem de perfil

De Ega a 12.09.2009 às 03:13


CARMELINDA, não Carmelina. Em nome das anedotas e estórias da Revolução, assim se rectifica.
Sem imagem de perfil

De Mafalda a 12.09.2009 às 03:13

ÓH Estouvado, não me leve a mal, mas num País desenvolvido:

Um demagogo de meia tigela, que anda de autocarro para o filme.

Um idiota, que diz que escolhemos sempre os melhores para governantes.

Um historiador que declama as vantagens do ensino público, mas  que tem a filha a estudar, no melhor Colégio Privado da zona.

E um médico ex-Pc que diz que os Portugueses têm que pagar bem caros, os sacos de plástico do supermercado, para se habituarem a não poluir o ambiente, sem sequer se dar ao incómodo de vêr que os desgraçados dos reformados só levam pão, um pacote de margarina e ás vezes um saquito de peixe congelado, no tal saco de plástico, que o dito bloquista quer bem pago.

Nem sequer existiam como políticos!
Mafalda
Sem imagem de perfil

De Estovaldo Furûncio a 12.09.2009 às 03:21


Então, e o que é eu disse? Acha que a Carmelinda Pereira existe politicamente? :)
Eu devo ser dos 300 portugueses que sabem que existe o POUS e mesmo assim chamei-a Carmelina....
Sem imagem de perfil

De Estovaldo Furûncio a 12.09.2009 às 03:18

Os delegados de acção médica passariam a representar laboratórios farmacêuticos da Colômbia?

Sem imagem de perfil

De Francisco a 12.09.2009 às 14:38


ATÉ JÁ TREMEM!!! LOL 


RAPAZES DESDE QUE NÃO FAÇAM BATOTA FIQUEM DESCANSADOS QUE NÃO VOS VÃO BUSCAR OS CANDELABROS.


Agora não sei é se vão continuar a ter quem vos tire a grainha das uvas não é???
E esse é que é o problema...

Comentar post


Pág. 1/2