Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]




eu que não sou republicano

por Rodrigo Moita de Deus, em 30.09.09

O que é realmente sério e grave na comunicação de ontem? Para além do conteúdo. Para além da forma. Para além do resto, guardo a imagem de um presidente “forçado”. Expressão que o próprio utilizou. Forçado a falar sobre a questão da segurança, forçado a demitir Fernando lima, forçado a isto e forçado aquilo. Um Presidente não é forçado. Nem se deixa forçar. Um Presidente força. E quem não vê isto não entende a natureza do cargo.


lavagem de mãos e outras medidas profiláticas

Sem imagem de perfil

De gpn a 30.09.2009 às 14:38


O Rodrigo não percebeu a gravidade das declarações do PR. Mais, o PR teve um comportamento muito bom após ter caido numa armadilha (digo-o sem rodeios porque foi o que aconteceu). Leia a declaração outra vez e responda a algumas perguntas:

Como teve o DN acesso a uma mail daqueles?
Se o mail tem 17 meses porque só há uma semana foi publicado?
Quem encomendou aquela capa ao DN a uma semana das eleicções e numa altura que a MFL estava a conquistar terreno?
De que ajudas precisa o DN?

Acha que a declaração do PR não foi de força? Pelos vistos está-lhe a passar tudo ao lado...

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.






subscrever feeds