Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




eu que não sou republicano

por Rodrigo Moita de Deus, em 30.09.09

O que é realmente sério e grave na comunicação de ontem? Para além do conteúdo. Para além da forma. Para além do resto, guardo a imagem de um presidente “forçado”. Expressão que o próprio utilizou. Forçado a falar sobre a questão da segurança, forçado a demitir Fernando lima, forçado a isto e forçado aquilo. Um Presidente não é forçado. Nem se deixa forçar. Um Presidente força. E quem não vê isto não entende a natureza do cargo.


lavagem de mãos e outras medidas profiláticas

Sem imagem de perfil

De Armar um 31 a 30.09.2009 às 12:53

Faltaram 3 votos, para os monárquicos chegarem aos 15mil. Candidatos estes a duques, condes, viscondes, barões, baronetes, salmonetes e outros etes.
O que tenho muita curiosidade é saber qual o trabalho realizado pelas agências de comunicação e como o conseguem. Por exemplo, como é que conseguem condicionar os órgãos de comunicação social a colocar as vossas notícias com maior destaque, as dos adversários lá para a 17ª página. Colocar na agenda o que vai ou não ser notícia.
Isto é algo que muita gente se pergunta... e eu também. De onde vêm esse Poder?
Sem imagem de perfil

De Ega a 30.09.2009 às 14:34

Outro intelectual que não sabe distinguir o PPM dos monárquicos.
Olhe Sr. Politologo. Faça uma prospecção na AR a saber quantos deputados eleitos estão inscritos na Causa Real
Sabe o que isso é? Pergunte aos ditos deputados.
Eles não fazem tabu, como o Sr. Presidente tanto gosta de fazer.
Sem imagem de perfil

De Armar um 31 a 30.09.2009 às 15:52

Distinto Ega, chamar-me de intelectual e politologo são duas ofensas, em dois parágrafos seguido. Deixe-me respirar, que quase fiquei asfixiado. Tenho a 4ª classe, mas das antigas e com muita honra.
Se fosse instaurada a monarquia, Vossa Senhoria passaria a Conde'Ega? Mas essa é uma causa irreal, pois 99 anos já lá vão.
O que queria realmente saber era que o RoMoDe explicasse como é que as agências de comunicação conseguem condicionar a opinião pública. Coméquié?
Viram ontem o Marcelino, Justiceiro, seria interessante saber a que fonte foi beber, a ser inconveniente a comentar o nosso Presidente, este sim a nossa causa e bem real?
Sem imagem de perfil

De Ega a 30.09.2009 às 16:03


Distintissimo Armar o 31:
V. se quiser segue a sua causa e eu sigo a minha. Como deve calcular é-me absolutamente indiferente. Deve é falsear os factos, misturando as coisas.
É a mesma coisa que eu dizer que o seu Dr. Anibal está na Presidência com os votos de (não ligue aos números, é exemplo) 20% dos portugueses. Isto porque me lembrei do total dos eleitores e esqueci os abstencionistas.
V. vinha logo a correr corrigir-me: ele ganhou com maioria absoluta. E tinha razão. Eu também tenho: a esmagadora maioria dos monárquicos não se revê no PPM, logo não vota nele.
No mais: não ouvi o Marcelino e não preciso de ser Cond'Ega (piada subtil, a sua...). Não preciso de nada. Até podem ficar com a v/ República à vontade. Tenho o meu modo de vida muito longe da política.
Sem imagem de perfil

De Maria da Fonte a 01.10.2009 às 01:35

Sr Armar um 31

A 4ª classe antiga, que eu também tenho, costumava criar conexões neurológicas elevadas!
Lamento que não seja o seu caso, já que se percebe pelo seu comentário que não percebe nada do que diz!
O PPM, é um partido ligado à Maçonaria, uma Organização Burguesa, criada para tomar o Poder. E que, diga-se, invadiu tudo e todos!
Pelo que nunca por nunca, o PPM poderá ser o Partido dos verdadeiros defensores da Monarquia!

Penso ter sido clara!
Se não fui, passo a especificar!

Portugal, é o Reino mais Antigo do Mundo!
Foi daqui que partiram os sobreviventes da catástrofe provocada pela última Glaciação, há cerca de 12.000 anos.

Nada devemos!
Tudo demos!

A nós, devem-nos tudo!

E apesar disso, têm procurado destruir-nos desde a fundação de Portograall!

Nunca conseguiram!
Pelo que não vai ser o Casal Ventoso da República, a fazê-lo agora!

Quanto a insinuações patéticas  sobre infundadas aspirações dos defensores da verdadeira Monarquia a Títulos ou Cargos, reforço a resposta de Ega.
Ninguém aqui, precisa disso!
Aqui luta-se por Amor a Portugal!
Luta-se em memória do Herói dos Lusíadas - SAS Cipião o Africano, descendente de Dom Nuno Álvares Pereira!

Ambos deram!
Não pediram!

Consegue vêr a diferênça?!

Maria da Fonte
Sem imagem de perfil

De Armar um 31 a 01.10.2009 às 16:19

Quando alguém fala em títulos nobiliárquicos logo os viscondes dizem que não tem interesse em tal, mas ficam muito enrubescidos.
Agradeço a lição que me deu, fiquei agora a saber que há 12 mil anos, já Portugal existia e ainda mais já era um sistema monárquico.
4ª classe das antigas tem Vossa Excelência? Quanto muito conseguiu esse grau académico com as agora Novas Oportunidades. Consegue «vêr» a «diferênça»? Se calhar esteve muitos anos fora de «Portograall» e como tal ainda que tenha excelentes conexões neurológicas ainda tropeça no teclado.
Não tenho interesse em alimentar polémicas, com o Povo, o Clero ou Nobreza.
Daqui mui delicadamente me despeço, esperando que continue a perfilhar as suas convicções e mais importante que tenha muita saúde e seja mui feliz.
Sem imagem de perfil

De Ega a 02.10.2009 às 01:18

Está bem, Arma/31. É um modo correcto de manter a sua, enquanto nós mantemos a nossa. Ninguém quer converter ninguém. Dê-se bem com as suas ideias. Salvé. 
Sem imagem de perfil

De Ega a 30.09.2009 às 14:55

Eu gostava era de fazer uns bicos a uns gajos da Assenbleia da República!
Sem imagem de perfil

De Ega a 30.09.2009 às 15:30

Ega:
Com esta corja vale tudo: até roubar os nomes!

Comentar post