Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Cuidado com as 'manobras perigosas´

por Rui Crull Tabosa, em 15.11.09

«A destruição das escutas é proibida, precisamente porque todos os visados podem necessitar delas a seu tempo», disse Carlos Pinto de Abreu, quando confrontado com o facto de o presidente do STJ ter, segundo o JN, ordenado a destruição das escutas ao primeiro-ministro.

Lembrando que actualmente «as investigações criminais complexas» que decorrem «são secretas», o especialista em Direito Penal frisou que «a seu tempo» os visados podem necessitar de consultar as escutas «para total informação e para o cabal esclarecimento da situação».

«A destruição de escutas só pode vir a suceder num momento posterior», acrescentou.

A destruição sumária destas escutas não será um caso de Justiça célere, mas de conveniência celerada. Aguardemos para ver o estado de podridão em que se encontra o regime.

Autoria e outros dados (tags, etc)


comentários

Sem imagem de perfil

De Amêijoa Fresca a 15.11.2009 às 12:15

Nestes dias contados
de imunda putrescência
tantos casos são ocultados
após espumosa efervescência.

A potente ocultação
sinónima de venalidade
patenteia a deleitação
desta abjecta realidade.

No estado de coma
da nossa democracia,
há muito quem coma
com tanta plutocracia.
Sem imagem de perfil

De anti-saramago e alho a 15.11.2009 às 12:33

OBVIAMENTE PUBLIQUE-SE

" O Presidente do Supremo Tribunal anulou e mandou destruir as escutas entre Sócrates e Vara.
Infelizmente Noronha do Nascimento não anulou nem destruiu as dúvidas do país sobre o conteúdo dessas escutas.
O problema, longe de ser legal é agora poltíco: pode um primeiro -ministro sobreviver ao clima de desconfiança que paira sobre ele? um "clima de influências" e "conspiração contra o Estado de Direito"?.
A pergunta responde-se a ela própria: se  Sócrates não esclarece coisa alguma; e se  o Presidente junto do PGR não parece interessado em avaliar a insanidade do regime, pondero sériamente
 se os jornalistas não deviam fazer serviço público, caso  as  tivessem, que publicassem as conversas em falta. Seria um crime? Ainda que fosse, a história ensina que há crimes ncessários para evitar crimes maiores"

By Joao P.Coutinho - CM
-------
QUEM NÃO CONCORDAR PONHA UM DEDO NO AR!
Sem imagem de perfil

De anti-ppd/psd a 15.11.2009 às 21:56

Sim, pode sobreviver! Já sobreviveu a tantas! Acham que depois de tanto embuste alguém acredita em cada nova atoarda? Isto é como a história do Pedro e do Lobo.
Comecem a pensar noutra, meus caros talassas.
Sem imagem de perfil

De K2ou3 a 15.11.2009 às 13:02


ORA BEM, Sim Senhor!
E agoara, se fosse eu visado ou "apanhado", de que forma poderia eu negar o que fica registado, seja bem ou mal transcrito :?
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 15.11.2009 às 14:05

Ora sim senhor, não somente a dita destruição será como muito bem diz, um caso de conveniencia celerada, como também acelerada. Pois para quem duvida da rapidez da nossa justiça, aqui temos a prova da sua efectiva agilidade.
Para algo completamente diferente e para esclarecer duvidas, quanto ao elevado mérito profissional, dos titulares de cargos públicos. Alguém conhece algum caso, de alguma pessoa no nível de quadro médio e superior, que tenha sido demitido (promovido, transferido), por incompetência.
Sem imagem de perfil

De anti-saramago e alho a 15.11.2009 às 14:38

Por uma milésima parte... Santana Lopes foi à vida...
Sócrates "nasceu" com o cú virado p'ra Lua... incensado pelos tres reis magos nacionais: P.Republica, PGR e PST...


 
Sem imagem de perfil

De Recibo Verde a 15.11.2009 às 15:50

Ó Anti-saramago e alho

Sabes que tenho andado a pensar nisso!
O Santana foi posto na Rua, e nunca ninguém percebeu porquê.
A Manela, nem chegou a entrar. Falou em asfixia. 
E quando estava a subir tiraram-lhe a escada.


Será que o Patronato não gostou deles?
Ou será que foram eles que se horrorizaram com o Patronato?

Diabo de dúvida!

 
Sem imagem de perfil

De anti-ppd/psd a 15.11.2009 às 22:03

Tanta cassete destruída...
Isto deve ser bom para o negócio das lojas dos 300 e da feira do Bairro do Relógio.
Haja alguma coisa que anime a economia nacional.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 15.11.2009 às 15:42

No que respeita aos três reis magos, dois deles necessitam do endosso do primeiro sinistro e da sua imensa legião rosa, nos corredores e sub-corredores do poder, para manterem os seus posteriores devidamente alapados. O terceiro que por sinal aloca um palácio rosa, caso pretenda uma prorrogação, do curto trajecto para deglutir uns pastelitos de belém , obviamente não beliscará a unidade trinitária dos magos referidos.
Imagem de perfil

De Réspublica a 15.11.2009 às 17:39

Isso só é assim até ao fim da instrução, após o arguido contestar só ficam no processo as escutas que servirem de prova dos factos, mesmo assim o juiz de instrução deve sempre decidir a relevância de tais escutas, a maior parte das vezes ficam no processo escutas do gênero:
"Então como está o tempo?
Está bom.
Estás em casa?
Então vou aí."
Já se provou por exemplo a associação criminosa ou a conspiração.
Sem imagem de perfil

De Marquesa de carabás a 15.11.2009 às 21:11

como está senhor Réspublica

E eu que continuo sem uma única escuta: nada! Nem uma pequenina.Que raio de discriminação!
Já o nosso Primeiro é aquilo que se vê. Ou aquilo que se ouve. Ou aquilo que não se se ouve nem se vê nem se sabe, mas pensa-se que se sabe.
Isto parece o "salon" das madames, raio parta o homem: não há escandalo, escuta, embróglio em que ele não esteja, parece os "profissionais do croquete". Por este andar acaba deportado para a Sicilia. Ele e mais a primalhada toda, que parece que são mais cás mães.
Por mais que eu tente enfiar parentela no face,não lhe chego nem aos calcanhares.Isto enerva!

Cumprimentos,

Marquesa de carabás
Sem imagem de perfil

De PAIVA COUCEIRO ALÉM-TÚMULO a 15.11.2009 às 22:12

Marquesa,
Compreendo-a perfeitamente. Isto não vai lá sem a Monarquia. Se eu não estivesse a fazer tijolo, ainda me atirava a eles.
Sem imagem de perfil

De Ega a 15.11.2009 às 22:51

Comandante:

queira fazer a fineza de ressuscitar.
E atire-se a eles!!!

Por El-Rei, representado pelo falecido Satúrio Pires,
J. da Ega
Imagem de perfil

De Daniel João Santos a 15.11.2009 às 17:45

Consultar as escutas para se lembrarem do que disseram.
Sem imagem de perfil

De manuelmgaio a 15.11.2009 às 19:01

Se houve espionagem política e a intenção de prejudicar José Sócrates e
o PS, como tem sido frequentemente afirmado, por que é que os casos
mais discutidos e explorados politicamente durante as campanhas
eleitorais foram os das ligações BPN /PSD e as escutas ao Presidente da
República?
Sem imagem de perfil

De Recibo Branco de Empresa Falida a 15.11.2009 às 21:47

Há por aí quem já diga, que aquele entalanço ao PR, afinal foi porque o Club rosa soube que os tais CDs, tinham sido enviados para o SPG, de modo que ficaram pálidos de medo, de que essas conversas privadas entre o 1ª e o Vara transpirassem para os mídia durante a campanha, e lixassem a rosácea vitória.
E foi então, que entraram as táticas do costume, com o DL, a fazer o  trabalho.

Enfim, a gente sabe que aqueles subterrâneos têm muitos anos de treino!

Mas então o SPG, não está obrigado ao tão papagueado Segredo de Justiça?

 
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 15.11.2009 às 19:46


Se o processo é autonomo e se este não existe para que é que querem as escutas? Para vender para os jornais?

Aí se calhar os visados iam precisar delas. Para se defenderem.
Sem imagem de perfil

De anti-ppd/psd a 15.11.2009 às 22:08

O Carlos Magno disse na 6ª feira no Contraditório da Antena 1:
"Há duas coisas que um cavalheiro não faz: é fazer pelas pernas abaixo e comentar escutas".
O Luís Delgado parece que estava de acordo.
OU EU MUITO ME ENGANO OU ESTES DOIS TIPOS DEVEM SER AMIGOS DO SÓCRATES. OU FILIADOS NO PARTIDO.
Sem imagem de perfil

De cascavel a 15.11.2009 às 23:34

Esses dois gajos seguiram a regra geral:venderam-se,como é costume.O dinheiro do contribuinte tambem serve para isso.É por estas e por outras que o Estado controlado pelo sócrates já esbanja metade do PIB.Mas como uma maioria de imbecis ainda vota nesse gajo,que fazer? Mandar as urnas às malvas e alguns para a urna?
Sem imagem de perfil

De anti-ppd/psd a 15.11.2009 às 23:49

Sim, já desconfiava. Esse Socras é um mercador de consciências. Então também o Magno e o Delgado? É obra!
Injecte-lhes o veneno, cascavel. Esses tipos não se vão aguentar.

Comentar post