Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Estas interrogações, tão facilmente transponíveis para a actualidade política portuguesa, são atribuídas a Cola di Rienzi, um tribuno da Roma do século XIV que luta contra os poderosos, cuja cupidez e corrupção promovem a intranquilidade pública e reduzem o povo à miséria.

Faz a Revolução mas acabará morto no Capitólio, abandonado por todos, excepto pela sua irmã Irene, que o ampara e lhe é fiel até ao fim.

Morto pela inveja, pela mediocridade, pelos interesses instalados.

O crime de Rienzi?

Lutar pela libertação do Povo, que pretende conduzir a um melhor futuro.

Onde está Rienzi, aqui tão magnificamente celebrado por Wagner?

Quando teremos em Portugal um tribuno que enfrente os poderes do sistema e tenha Portugal como Α e Ω da sua acção política?

 


lavagem de mãos e outras medidas profiláticas

Sem imagem de perfil

De Anónimo a 26.11.2009 às 22:09

Rienzo, pá, Rienzo...

Comentar post