Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Poesia de oportunidade.

por Carlos Nunes Lopes, em 28.11.09

Sigamos, agora, o robalo.


lavagem de mãos e outras medidas profiláticas

Sem imagem de perfil

De Velho do Mar a 28.11.2009 às 03:52

Afinal foi por isso que o anterior Rei Sampaio defendeu tanto o "Segredo de Justiça", e a "Presunção de Inocencia", na homenagem a Melo Antunes.
É tudo só para defender o peixe!
Isto deve ter a vêr com a Cota das Pescas....
Vai-se a vêr a Corte, está-se a preparar para restaurar a Indústria Conserveira.

Sem imagem de perfil

De Velho do Rio a 28.11.2009 às 04:06

Ó do Mar

Só se for conserva de peixe de aviário, que ao outro, ninguém o fisga. Não há rede que o apanhe.
Parece que ainda apanham Lulas com anzol, mas as Lulas não servem lá muito para conservar!
São de raça miúda!

 
Sem imagem de perfil

De K2ou3 a 28.11.2009 às 05:11


Ora bem,
Caixas de Robalo .
Mas aquilo perde-se na exposição em ambiente natural.
Quem ofereceu a conservação.
Talvez Carapau fosse mais adequado.
Sem imagem de perfil

De M.C. a 28.11.2009 às 05:11

E eu que andava sem nenhumas ideias para os presentes de natal. Agora já sei: caixas de robalos.
muito agradecida.
M.C.


 
Sem imagem de perfil

De transmontana a 28.11.2009 às 11:51


Eh!! pá, robalo em Trás-os-Montes é um luxo, não se esqueçam que estamos  muito longe do mar, agora a pergunta que se põe é: e o fulano das sucatas, levou presuntos e salpicões de Vinhais ou posta Mirandesa ? ou quê?

Mas que tramóias mais estapafurdias....
Sem imagem de perfil

De arquivador a 28.11.2009 às 11:55

Má lingua...

Por  uns "robalitos" nem um arbitro de 5 ª catogoria  se currompia...

Comentar post