Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Repararam que já ninguém o trata por "Major"?

por Rodrigo Moita de Deus, em 07.03.07
O caso apito dourado vai mesmo a julgamento. Em declarações à imprensa, os advogados de defesa do principal arguido revelaram confiança na justiça portuguesa, confirmando que a sala de tribunal seria o local apropriado para provar a inocência de Valentim Loureiro a nulidade das escutas telefónicas e a inconstitucionalidade da lei da corrupção desportiva.


Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.





subscrever feeds