Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




pois

por Rodrigo Moita de Deus, em 06.02.10

Há quem esteja preocupado com a legitimidade das escutas. Há quem esteja preocupado com a divulgação das escutas. E há ainda quem esteja preocupado com a qualidade do jornalismo que publica as escutas. Há tudo isso. E pouca gente preocupada com o que foi escutado. 


lavagem de mãos e outras medidas profiláticas

Sem imagem de perfil

De V.Melo a 06.02.2010 às 17:50






  Talvez a investigação em Portugal devesse seguir o código de conduta de West Point:
  Don't ask, don't tell 


Acabavam-se as preocupações, as perplexidades e as  praticas deontológicas extremamente graves  - o formalismo vácuo e corrompido, a  sisudez republicana e trapaceira.  Dava-se cabo também também da democracia, mas o mundo não é perfeito. Bring on the marines. 

Comentar post