Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Simão, o Perspicaz

por Sofia Bragança Buchholz, em 24.02.10

 Personagens:
• Simão, 9 anos
• Eu

Cenário:
Passamos em frente de uma joalharia. Eu paro para namorar, na montra, os meus relógios predilectos: os Cartier. O Simão, ao meu lado, espreita-os, e, sarcástico, desdenha, continuando a andar:

Acção:
– Tão chiques, tão chiques, e tão ignorantes. O quatro em numeração romana não é assim que se escreve.

 

(também aqui)


lavagem de mãos e outras medidas profiláticas

Sem imagem de perfil

De CRF a 25.02.2010 às 16:17

Queira da minha parte pedir desculpa ao Simão . Não percebi que tinha nove anos- e ainda por cima chamei-o de forreta por não lhe ter oferecido o relógio. 
Sem imagem de perfil

De Marta a 25.02.2010 às 20:27

Sempre sou muito ignorante. Na escola primária, há já muitos anos, aprendi que IV era 4 em romano e não IIII. E por isso me juntei à causa do Simão. Afinal temos os dois que aprender. E alguns professores de latim têm que aprender a dar aulas (o meu professor da primária já se reformou há muito tempo, portanto não precisa saber isso)... 
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 25.02.2010 às 22:49

Cara Sophie

«Ignorância» onde????!!! Sabe como é que o meu descendente me explicou a queda da chuva, com cara de quem tinha descoberto algo importante?

«Mom, já sei porque cai água do céu. Os homens enchem baldes de água e atiram-nos para o céu».

O quatro romano, com IV ou IIII é irrelevante! O que releva é a atenção, a observação rápida e determinada de um menino de nove anos.
A isso eu chamo inteligência, humor. O que é fantástico.
Portanto, nem entre aspas, a Sophie devia ter dito «ignorãncia». Percebeu?

Viva o Simão e venham muitos como ele. Portanto aqui vai mais um ramo de flores...e para a mãe, bien sur.



EducadinhaImageImage



 
Imagem de perfil

De Sofia Bragança Buchholz a 26.02.2010 às 01:24

Obrigada, pelas flores ;)

Comentar post


Pág. 2/2