Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]




E faz sentido. Os meninos podem ser uns estafermos, mas não são responsáveis pela falta de vocação e de fibra do docente.

Falta agora investigar o resto: quem é o irresponsável que colocou um licenciado no lugar de um professor?

 

Autoria e outros dados (tags, etc)


comentários

Sem imagem de perfil

De jose silva a 31.05.2010 às 23:15

Sugiro que olhe mais uma vez para a escola onde esse perigoso sociopata traumatizador de crianças trabalhou...
Certamente descobrirá que um "velho" e respeitado professor foi vitima de uma acusação fabricada pela poderosa comunidade "gay" que por lá anda.

Procure! 
Sem imagem de perfil

De maria a 31.05.2010 às 23:36

o post é um bocadinho feio , mas...acho que é mesmo verdade aquilo de se dever  ter cuidado com o que se deseja : uma profissãozinha fácil , descansada , com certo prestígio social , função pública , a leste do despedimento e com progressões por estar mais tempo sentado na cadeira...deu no que deu. deve ser assim tipo "efeitos perversos de acção colectiva".
Sem imagem de perfil

De CSF a 01.06.2010 às 09:06

Ser professor neste país, é uma «profissãozinha fácil, descansada, com certo préstígio social»? Deve estar a gozar! Prestígio social, já teve. Hoje em dia, os professores são os bodes expiatórios de todas as más reformas do ensino. Profissãozinha fácil e descansada também está longe de o ser, e quem disser ou achar o contrário, tem andado muito distraído nos últimos anos.

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.






subscrever feeds