Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Com Israel, novamente

por Lucius, em 31.05.10

Lamento as mortes, mas estou de novo com Israel. As provocações têm de ser impedidas, sobretudo se mascaradas de ajuda humanitária, desvirtuando o sentido de "ajuda" e de "humanitário", mais um lamentável caso de activismo revolucionário. E ainda uma palavra, agora sobre a Turquia: passo a passo, este governo turco leva o país para mais longe de nós. Primeiro com o retorno do islamismo extremo, depois com o apoio a causas extremistas como este à flotilha, um dia destes caem fora da NATO. Problema deles - eu não volto a Istambul e já ofereci ajuda aos meus amigos que por ali vivem. O Diabo está a tecê-las.

Autoria e outros dados (tags, etc)


comentários

Sem imagem de perfil

De António Pais a 31.05.2010 às 20:55

Soprava uma brisa ligeira e o mar estava chão:
ó meu comandante, meu comandante??? Huuum? estão ali uns gajos com mau aspecto, parecem cães árabes e porcos terroristas. Huuum, como é que sabes? atão não se vê logo, têm naifas e até aposto que alguns têm fisgas. aié??!? comandos do sinai! Pronto (em uníssono) tomem de assalto aquele navio turco de uma figa e apreendam as naifas e as fisgas todas... huuuummmm? (em uníssono), há alguma dúvida??? Não (em uníssono), bom, é assim mesmo... ah, já agora meu comandante, se eles esboçarem alguma resistência de naifa em punho, ou fisga, e visto que estamos em águas internacionais, voltamos para trás? Grrrrrrr (o comandante está prestes a explodir e a carga não é do hamas, ainda que indirectamente um tirinho no pé de David dado pelos seus descendentes...bom) é que, ó meu comandante, eles são um perigo com a naifa em punho, melhores que os ciganos da musgueira.pt. ó meu filho de um corno, vai lá e espeta-lhes um tiro no meio daqueles cornos árabes/muçulmanos/otomanos /enfim-mouros e resolve o assunto.
Sem imagem de perfil

De kapitão kaus a 31.05.2010 às 21:37

Parece-me de muito mau gosto defender a acção de "legítima defesa" do governo de Israel. Se Israel tem o direito a não ser alvo de atentados terroristas, Israel tem também o dever de não provocar actos de terrorismo. Isto é elementar!
Propaganda ideológica, dispensa-se!
Aliás, já basta a que, por cá, existe.
Cumprimentos
Sem imagem de perfil

De henry a 31.05.2010 às 21:37


Mas é um desastre em termos de PR...

É quase incompreensível Israel ter caído numa armadilha tão rudimentar, tão óbvia e que estava anunciada há meses.

Uma falta de profissionalismo a todos os níveis: forças armadas (táctica errada), serviços diplomáticos (sem preparação) e política (sem estratégia).

Ainda por cima porque o joguinho dos palestinianos, dos turcos e outros não parece ser muito sofisticado (cartazes preparados, crianças à frente, queima de bandeiras, manifestação dos barbudos habituais etc.) O folclore estava preparado e o touro israelita entrou na arena com os dois cornos...

Esperava mais de um país como Israel, é que ter razão não basta...
Sem imagem de perfil

De Pilatos a 31.05.2010 às 21:38

Se os judeus se meterem em mais uma guerra e aquilo começar a correr mal, espero bem que não começem a gritar que o ocidente tem que ajudar os sionistas, Israel é um problema mas é um problema dos judeus e dos arabes pelo que só aos judeus e arabes diz respeito.
Sem imagem de perfil

De kapitão kaus a 31.05.2010 às 21:42

E o mais grave nesta história é que, para além das mortes, tudo isto vai degenerar, provavelmente, num ódio anti-semita. E em Israel também há pessoas honestas e bondosas. Não são todos loucos e desvairados como os que estiveram por trás da ordem para atacar o navio e chacinar, como castigo ou como amostra, alguns dos seus ocupantes. 
Enfim, pergunto-me, muitas vezes, como podem os dirigentes políticos serem tão pouco inteligentes...
Cumprimentos
Sem imagem de perfil

De Pilatos a 31.05.2010 às 21:45

Todos os judeus deviam viver em Israel, mas mesmo todos, para que não ficasse nenhum em qualquer outra parte do mundo, excepto em Israel, talvez o mundo fosse mais pacifico devido à inexistência de lobby's judaicos que conseguem que um crime infame passe impune e ainda por cima seja saudado e aplaudido.
Sem imagem de perfil

De Miguel Madeira a 31.05.2010 às 21:58

"As provocações têm de ser impedidas, sobretudo se mascaradas de ajuda humanitária,"

E isso era uma provocação porquê? Só se a suposta ajuda humanitária na realidade fossem armas escondidas (mas até agora ainda não vi ninguém argumentar isso).
Sem imagem de perfil

De judeu a 31.05.2010 às 22:32

SE ISRAEL NAO ACTUASSE  "NA HORA" A PROVOCAÇOES... HÁ MUITO QUE ESTAVA BANIDO DO MAPA...
---

 
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 31.05.2010 às 22:51

Certo! Mas não dá para argumentar com quem esteve desde sempre do lado errado da história. Normalmente este pessoal é o mesmo que não viu o muro ser derrubado.
Imagem de perfil

De ADzivo a 31.05.2010 às 22:43

O SNS ainda não descobriu o 31 da Armada!
Assim que o fizer deixa de comparticipar nos genéricos para a limpeza da tripa, na preparação para a colonoscopia.
É só vir aqui e é remédio santo! São tão convencidos, e redondinhos... não tem ponta por onde se lhe pegue. A vossa mãezinha por alguma razão já não gostava de mecês!
Sem imagem de perfil

De Tugacav a 31.05.2010 às 23:05

Ó Adzivo , se gostas que te estimulem o esfíncter, problema teu. 
Imagem de perfil

De ADzivo a 31.05.2010 às 23:13

Caríssimo Tugacav: indicador, indiferente se da mão direita ou esquerda, cheira lá!
Háaaa, estiveste bem atento ao que a tua mãe te ensinou!
Imagem de perfil

De Dylan a 01.06.2010 às 00:59

Então não sabe o senhor que o Estado não comparticipa medicamentos "para a limpeza da tripa", quanto mais genéricos?!
Corra a tempo para a embaixada de Israel; a manifestação "chavista" está quase a começar!
Sem imagem de perfil

De Kruzes Kanhoto a 31.05.2010 às 23:19

E dos marinheiros sul coreanos abatidos pelos malucos do norte ninguém diz nada? Com esses não há solidariedade?! Pois...

Comentar post


Pág. 1/2