Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Nesta semana ficámos a saber - até agora sem desmentidos - que Maria José Nogueira Pinto e Pedro Santana Lopes planeiam abandonar os respectivos partidos, a primeira muito brevemente.

Foram ambos eleitos nas listas dos seus respectivos partidos, será que pretendem continuar o mandato depois de abandonarem o CDS ou o PSD? 


lavagem de mãos e outras medidas profiláticas

Imagem de perfil

De DBH a 22.03.2007 às 18:44

Caro Francisco,

1 - Não comparo MJNP ao PSL . Não escrevi "assim como" ou "tal como". Apenas "e".
Porque, de facto, de ambos - e sem comparação - foi noticiado a saída dos respectivos partidos. Poderia referir outros, como JM Júdice , mas este não tem nenhum mandato partidário.

2- Não pretendi insinuar nada, muito menos a loucura de que se juntariam num novo partido -isso sim, seria de mau gosto! - mas prever uma polémica vejo aproximar-se.

Quando alguém é eleito numa lista partidária, com apoio partidário, com uma determinada base eleitoral, pode desvincular-se do seu partido e manter o mandato? Claro que pode, mas deve?

Isto já é debatido em relação aos independentes eleitos em listas partidárias, mas esta pode ser uma nova realidade. Senão vejamos, no dia em que sai a notícia - repito, não desmentida - de que MJNP vai abandonar brevemente o CDS, MJNP publica um post no seu blog em que escreve sobre o seu futuro como Vereadora.

Podemos discutir se os eleitores votam no partido, no cabeça-de-lista ou em ambos, podes até escrever-me que a base eleitoral da MJNP não foi a do cds , mas não me parece que me "fique mal" pôr esta questão. Não gosto de ler estes sinais, confesso, não gosto quando alguém abandona o meu partido, mal frequente do CDS, nem que este e os seus eleitores fiquem sem representação na CML.

Espero que este esclarecimento seja suficiente. De facto não tenho escrito muito ultimamente. Como calculas estive no Conselho Nacional e não escrevi aqui sobre o assunto. A excepção, até agora, foi esta, uma possível polémica futura.

Outro abraço,
DBH

Comentar post