Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Simão e o Futuro Primeiro-Ministro

por Sofia Bragança Buchholz, em 28.07.10

Personagens:

• Simão, 9 anos

• Eu

 

Cenário:

Um destes dias estive num almoço de bloggers com Pedro Passos Coelho. Na véspera, no carro, a caminho do cinema com o Simão, ocorreu-me que poderia ser engraçado saber que questões uma criança de nove anos gostaria de colocar a um candidato a futuro primeiro-ministro e perguntei-lhe, se fosse ele a estar no encontro, o que gostaria de lhe perguntar. A resposta surpreendeu-me:

 

Acção:

"− Pergunta-lhe se quando estiver no governo vai voltar a dar esperança financeira aos portugueses."

 

 

Assim mesmo, ipsis verbis.

 


comentários

Sem imagem de perfil

De Alexandre Kulcinskaia a 28.07.2010 às 22:22

A pergunta lógica seria:
"Acha que foi uma boa jogada, a revisão constitucional proposta?"
______________________________
http://kulcinskaia.blogs.sapo.pt/
Sem imagem de perfil

De Q a 29.07.2010 às 01:33

Ai os portugueses alguma vez tiveram esperança financeira?
Só me lembro de ter tido escarlatina, esperança financeira nunca tive.
Sem imagem de perfil

De PMF a 29.07.2010 às 02:25


Cara Sofia: grande Simão!

Pelos vistos, nem sempre a simplicidade (tipo nah, nah) é das crianças; no entanto, a assertividade é!
Sem imagem de perfil

De Tété Teixeira da Cunha a 29.07.2010 às 10:50

Olhe tá a ver? se calhar não tá!

Bem é assim, a pergunta até que não é má ainda por cima para uma criança de 9 anos, agora futuro primeiro ministro? onde? tá a gozar com a Tété, só pode!
A rica não vê que a pressão sobre Sócrates está a passar? que ele até se tem aguentado benzinho e que isto da PT lhe deu novo folgo? agora ele mete o rapaz Coelho na algibeira e nunca mais se vai ouvir falar de semelhante pessoa.

As próximas legislativas já estão no papo do Sócrates.
Imagem de perfil

De José Manuel Faria a 29.07.2010 às 10:55

Simão, o político precoce. Fantástico. 
Sem imagem de perfil

De Paulo Nobre a 29.07.2010 às 11:40

Penso que a questão é bem urdida, sim senhor. Revela uma propensão do jovem ao pensamento utópico (esperança financeira é coisa que o país nunca teve, i.é, em 800 anos nunca teve), ou (espero bem que não seja o caso) estar a passar por dificuldades financeiras lá em casa: do género ter que deixar o colégio para ir p’ra escola pública com o que isso implica de deixar amigos, etc; deixou de receber mesada (ou semanada); teve que diminuir as chamadas no telemóvel (ou mesmo acabar com elas); não pode comprar aquelas chanatas tão apreciadas pelo grupo; enfim, provando à uma: que não é imbecil como a generalidade dos jovens da sua idade, e que já possui uma consciência apurada do que o rodeia.


Pois bem, a pergunta foi boa para um futuro primeiro-ministro e, a resposta deste só pode ser: - "claro que sim! Vou voltar a dar esperança financeira aos portugueses, que diabo! E, entre-dentes para o lado (ao ouvido de alguém): -"aos portugueses entre a quinta da marinha e o Estoril, eheheheh!".

Sem imagem de perfil

De Renato a 29.07.2010 às 14:18

Esperto, o pequenito. Parecem aquelas perguntas dos "jornalistas" nos tempos de antena. Ao que o Passos Coelho, com uma voz grave, responderia: "sim, meu rapaz, vou sim. É meu compromisso com todos os portugueses dar-lhes esperança financeira".  ;)
Sem imagem de perfil

De Isa a 29.07.2010 às 16:52

A questão é: fizeste-lhe (ao Passos) essa pergunta ou não?
Sem imagem de perfil

De Esperança financeira? a 30.07.2010 às 00:56

Mas é claro!


Já temos ai uns presidentes amigos nuns bancos angolanos que aquilo vai ser um fartote. Vai se um novo BPN e uma nova SLN, hehehehe!
Sem imagem de perfil

De Aristes a 30.07.2010 às 15:07

É, as lavagens ao cérebro resultam melhor com as criancinhas.

Comentar post