Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




a imperial nunca mais vai ser a mesma

por Raquel Vaz Pinto, em 30.08.10

Os investigadores portugueses no seu melhor:

«Do prato ao campo. Investigadores portugueses descobriram que o tremoço, aperitivo muito popular nos países mediterrânicos, tem uma proteína de alto valor nutritivo com propriedades fungicidas, de toxicidade zero para os humanos. (...) O produto não contamina os lençóis freáticos nem provoca danos à saúde humana - considerado revolucionário pela grande capacidade de resistência ao calor e aos raios ultra violeta (...) A proteína blad do tremoço, de onde é extraído o novo fungicida, foi descoberta em 1991 pelos cientistas Ricardo Ferreira, do Instituto de Tecnologia Química e Biológica (ITBQ), e Virgílio Loureiro, do Instituto Superior de Agronomia (ITBQ). Segundo a engenheira agroindustrial Sara Monteiro, diretora técnica da CEV, o novo fungicida poderá ser a solução para a saúde dos campos de relva, em especial dos estádios de futebol e campos de golfe, contribuindo também para revitalizar a cultura do tremoço em Portugal.» (Expresso)

 

 


lavagem de mãos e outras medidas profiláticas

Imagem de perfil

De Herr Flick a 30.08.2010 às 17:57

Informação adicional:
Possui três vezes mais proteínas e duas vezes mais fósforo do que o leite de vaca, uma quantidade elevada de cálcio, vitaminas E e do complexo B, fósforo, potássio, ácidos gordos insaturados (ómega 3 e 6), ferro e fibras. Em regra, a composição nutricional é a seguinte: 36 a 52% de proteína, 5 a 20% de gordura, 30 a 40% de fibra alimentar.

 


No que diz respeito à gordura, a sua composição é, na sua grande maioria, ácido oleico e linoleico (gordura presente no azeite), constituindo 86% da gordura total. Acresce que o tremoço possui três vezes mais fibra do que a aveia e o trigo e, dessa fibra, a sua grande maioria tem a capacidade de reter o colesterol LDL no intestino e facilitar a sua eliminação nas fezes. O teor em amido também é reduzido, o que explica o papel deste alimento no controlo do índice glicémico (teor de açúcar no sangue) e consequentemente, na redução da incidência da obesidade na população; também é um alimento indicado para quem sofre de problemas ósseos e reduz o apetite. Além disso, as suas propriedades emolientes, diuréticas e cicatrizantes favorecem a renovação das células.


Enfim, a epifania do tremoço.
Sem imagem de perfil

De M.coutinho a 30.08.2010 às 18:30

São boas estas noticias, tem que se ter cuidado com o sal que lhe põem. Quanto à vertente fungicida, Alvalade está precisar de tremoço e muito car$ço....

Comentar post