Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




visto no elevador

por Rodrigo Moita de Deus, em 14.09.10

Aqui no edifício alguém lembrou-se de fazer uns cartões para as visitas. Coisa útil. Ainda mais útil porque os cartões dizem “visita autorizada”. Gosto do conceito. Visita autorizada. Gosto do conceito porque dá a oportunidade aos outros de se identificarem com um segundo cartão. Aquele que diz “visita não autorizada”.

Autoria e outros dados (tags, etc)


comentários

Sem imagem de perfil

De Tuga Sorna y Choné a 14.09.2010 às 19:52

Agora elaborem um regulamento de 500 páginas com as regras de acesso e classificação de visitas!
Se eu quiser ir aí chatear como charlatão vendedor da banha da cobra, pregador de uma religião estranha, vendedor agressivo, agente de cobrança coerciva e agressiva de dívidas imaginárias ou inexistentes, etc...; como faço para obter o cartão de "visita autorizada prioritária"? Eh eh eh! :-) !
Sem imagem de perfil

De Tuga Sorna y Choné a 14.09.2010 às 21:47

Se alguém desejar fazer uma visita de carácter carnal consensual, para satisfação das necessidades físicas e afectuosas de alguma vizinha carente (enquanto o marido está ausente e ocupado no trabalho), questiono:
1 - Será considerado "Visita Autorizada"?
2 - A visita ficará registada na portaria do prédio?
3 - Essa informação poderá ser consultada livremente por terceiros?

Comentar post