Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




call to action

por Rodrigo Moita de Deus, em 04.10.10


lavagem de mãos e outras medidas profiláticas

Sem imagem de perfil

De dói... dói... a 04.10.2010 às 14:57

Ora aqui está um grande monárquico !

Na manhã do dia 03 de Outubro de 1910, o Professor Miguel Bombarda recebeu no seu gabinete, das mãos de um ajudante, o cartão-de-visita de um antigo doente seu: o Tenente de infantaria Aparício Rebelo dos Santos.
O Tenente, que se encontrava na sala de espera, provavelmente tinha lido na imprensa os violentos ataques que Bombarda dirigira nos últimos tempos contra a Companhia de Jesus. Aparício Rebelo dos Santos, homem monárquico, conservador e antigo aluno jesuíta, sofria de uma psicose delirante crónica e tinha chegado recentemente de França, para onde o seu pai o tinha levado, após solicitar de Bombarda a alta contra parecer médico do Hospital de Rilhafoles, com o objectivo de sondar a opinião de psiquia-

42

 

Comentar post