Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




O Moralista

por Henrique Burnay, em 28.03.07
O Dr Pacheco Pereira é, a bem da Nação, detentor de uma moral poderosa que serve de padrão a tudo o que mexe. E de um rancor notável. Só isso explica o post que evidentemente nos dirige.
Pacheco Pereira podia ter razão, mas não tem. Ninguém atacou o carácter de Odete Santos, ninguém gozou com a sua origem social ou se meteu com a sua vida privada nem ninguém filmou nada às escondidas. Em qualquer lugar do mundo, o que Odete Santos fez em directo na RTP é gozável. Mesmo por quem ache, como eu, que Odete Santos é uma mulher com qualidades políticas e humanas notáveis. E que respondeu com uma lição à piada demagógica do Gato Fedorento, como Pacheco diz.
 
O Dr. Pacheco Pereira é dos homens mais inteligentes que o país tem. E acha-se legitimamente grande, longe da maralha-mirin. Talvez. Mas era certamente melhor homem se fosse um pouco menos inteligente e um nadinha mais modesto nas presunções e sério nos ódios.

Tente o Dr. Pacheco afagar o peito por debaixo da camisa numa Quadratura do Círculo e verá se não vem aqui parar directo. Por mais pergaminhos sociais que acredite ter.


lavagem de mãos e outras medidas profiláticas

Sem imagem de perfil

De Carlota a 29.03.2007 às 16:06

Vocês estão a ser um pouco caprichosos, não?
No referido post escreveram "Odete Santos não olhou a meios para seduzir o eleitorado masculino" acompanhando o tal vídeo. Quanto a mim, é nesse ponto que reside "o tratamento cruel, mesquinho, machista" que JPP atribui a alguns blogs de direita.

E, convenhamos, o "chiste" é, efectivamanete, cruel, mesquinho e machista. Porque, ironicamante, remete para algo que sabemos ser da categoria do grotesco e, como tal, cruel para com a pessoa retratada.
E sabem perfeitamente que se alguém como o JPP cometesse uma gaffe análoga num programa em directo, uma "graça" similar teria um sentido completamente diverso, isto se ousassem fazê-la, já que o mais provável seria optarem por um comentário inócuo como o que o JPH escolheu no post que apresenta o vídeo.
Cumprimentos,
Carlota
Imagem de perfil

De Henrique Burnay a 30.03.2007 às 01:38

"Carlota". Se JPP fizesse metade do que Odete Santos fez, pode ter a certeza que faríamos o que fizémos ou o dobro. E é por aí que passa o seu equívoco. Odete Santos não é uma desgraçadinha em situação frágil que os tipos maus e poderosos aproveitaram para linchar. Tal como essa insinuação de que não ousaríamos gozar JPP revela idêntica presunção. Este blog pode ter - espera-se que tenha - vários defeitos, mas esse não é um deles.
Quanto ao João Pedro Henriques, não se preocupe, é rapaz inteligente e frontal, se se tivesse sentido calunidado ou ofendido reclamava. Mas não tinha por que sentir-se.

Comentar post