Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]




demência

por Alexandre Borges, em 20.10.10

O mesmo governo que quer diminuir salários, aumentar outra vez os impostos, reduzir deduções fiscais; que fechou maternidades, hospitais, escolas, que aumentou taxas moderadoras, que cavou o maior défice, a maior dívida pública e a maior taxa de desemprego da história da democracia; esse governo que nos acena com o apocalipse caso não passe o orçamento, que exige - atrevimento dos atrevimentos - o sacrifício de todos, é o mesmo que, no Orçamento de Estado pra 2011, prevê gastar mais 32,94% em publicidade aos seus feitos, 20,08% em vestuário e artigos pessoais para a administração, 10,59% em artigos honoríficos e de decoração  (sic), 20,41% em combustíveis e lubrificantes, etc, etc, etc.

Em tempos, pensei que fosse um caso de incompetência pura e simples. Depois, achei que era um caso de polícia. Hoje, é óbvio que é um caso clínico.


lavagem de mãos e outras medidas profiláticas

Sem imagem de perfil

De Jose Franco Afonso a 21.10.2010 às 04:13

A minha opinião (a não pessoal) é esta: O caso é clínico sim,  mas solucionável através de  intervenção cirúrgica: corte-se os tomates do Sócrates.
Sem imagem de perfil

De Augusto Rodrigues a 12.11.2010 às 12:12

...e quem é que tomates tomates para tal bisturi?
E, já agora, uma listinha de gajos com tomates para o trocar alguém tem?

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.





subscrever feeds