Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




José Lello sabe do que fala

por Nuno Gouveia, em 02.12.10

O deputado José Lello disse há poucos minutos no twitter: "Qatar ganhou na FIFA. Quem paga ganha!". Recordo que Lello foi Ministro do Desporto de Portugal entre 1999 e 2002, e esteve directamente envolvido na organização do Euro 2004.


comentários

Sem imagem de perfil

De lagarto a 02.12.2010 às 17:46



Socrátes & Acóliticos, SA  -- Choram...
Acabam de perder  um  TGV...
Quatro blindados para a PSP
Chora Madail...
Chora a Motta Engil...
Todo o Portugal em lágrimas!
Sem imagem de perfil

De Ana Catarina a 02.12.2010 às 17:56

Este Lello (com 2 elles, claro) mais o Ricardo Rodrigues faziam um excelente quadrilha.

Desculpem o imperfeito do verbo fazer, perfeito , perfeito é  ...  f a z e m
Sem imagem de perfil

De Luis de Campo Maior a 02.12.2010 às 17:57

Não esquecer que o pedófilo Carlos Cruz também esteve envolvido no evento
Sem imagem de perfil

De Silvino Louro a 03.12.2010 às 00:03

Foram trocos miúdos, portanto.
Sem imagem de perfil

De Herr Frederick a 02.12.2010 às 18:28


Este Lello é um palhaço socretino.
Como é que um país falido como Portugal pode competir com países que têm muito dinheiro e recursos?
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 02.12.2010 às 19:33

Não esquecer que foi cavaco que trouxe a Expo 98 para cá, portanto o critério para PS e PSD tem que ser igual caro Nuno
Sem imagem de perfil

De Emanuel Boieiro a 02.12.2010 às 20:05


Este Lello é mais "Lelo" que os originais (pelo menos no dobro). Ainda bem que a ideia do TGV anunciada pelo PM espanhol vai ser posta na gaveta
Sem imagem de perfil

De Luis Melo a 02.12.2010 às 20:08

Como estou de férias, pude ver em directo o anúncio dos países organizadores dos campeonatos mundiais FIFA 2018 e 2022. Sinceramente pouco me importava se Portugal (aliado à Espanha) vencia. Para falar verdade, esperava que não vencesse, porque isso seria mais um motivo para deixar o país desviado do essencial.


Não gostei de, mais uma vez, ver que estivemos tão mal representados nas instâncias internacionais do futebol. Foi incrível e visível o mau perder dos portugueses. Isto diz muito do nosso carácter como país. Entre outros, estavam presentes Eusébio e Laurentino Dias, que ficaram com um sorriso amarelo estampado na cara.


Os comentadores de TV falaram em “interesses comerciais” a influenciar a decisão. Nuno Luz (jornalista SIC) escreveu mesmo através do twitter: “Voltou o dinheiro a ser decisivo“. A falta de fair play tolda a visão de muitos portugueses que até falaram de “falta de infra-estruturas no Qatar” esquecendo-se que Portugal também não as tinha quando ganhou a organização do Euro2004.


Se alguém tinha dúvidas sobre o mau perder dos nossos representantes apenas tinha de ler o twitter de Nuno Luz:  ”Dizem os membros da candidatura ibérica que a partir de agora não vale a pena dar informações técnicas o que conta é o dinheiro“. Também José Lello(deputado e ex-Ministro Desporto do PS) escreveu: “Qatar ganhou na FIFA. Russia ganhou na FIFA. Quem paga ganha!


Confesso que fiquei satisfeito com a escolha da Rússia para 2018 e Qatar para 2022. Porquê? O João Almeida (deputado CDS e presidente CF Belenenses) disse-o bem: “As escolhas da FIFA são absolutamente normais. No mundo actual, Rússia e Qatar abrem novos horizontes. Outras escolhas seriam mais do mesmo“.


De resto, a derrota de Portugal pode trazer muitas coisas positivas: 1) É menos um motivo para a construção do TGV; 2) É mais um motivo para Gilberto Madaíl sair da FPF; 3) A selecção vai ter de trabalhar e de se esforçar para garantir a qualificação para a prova.
Sem imagem de perfil

De Allgarve a 02.12.2010 às 20:44

Ai lello!!Então e como é que iamos pagar issso?E na tenho dinhero pra essas coisas,já só tenho pra comer.Se reabrissem o Tarrafal convidava-te pra seres o primeiro "hospede"!
Sem imagem de perfil

De Tuga Sorna y Choné a 02.12.2010 às 21:30

Cala-te Lelo ou Lello ou lá o que é!

A organização de um mundial de futebol não é para quem quer, é para quem pode!

Além disso, dois países à beira da falência dificilmente dão garantias à FIFA!
Para o Euro 2004, gastaram-se balúrdios em estádios de aprox. 25-30.000 lugares que estão às moscas e quase sem eventos, a dar prejuízos monumentais a autarquias com a sua manutenção! Queriam agora construir ou ampliar estádios de aprox. 50.000 lugares, para terem o mesmo futuro? Ou iam apenas utilizar os três estádios dos "três grandes"?
Sem imagem de perfil

De JB a 03.12.2010 às 12:05

Correndo o risco de destoar, ainda bem que ganhámos o Euro 2004. Se foi José Lello quem o conseguiu, os meus parabéns. Há críticas que não entendo.
Um abraço,
JB
Sem imagem de perfil

De Fernando Lapa a 03.12.2010 às 12:19

JB - marca de wisk raska
Tu é que devias estar a pagar os estádios e a manutenção do campo do Algarve, de Leiria e de Aveiro para saberes o que é bom.
Mas não preferes pagar as scuts e os escandalosos ordenados aos administradores
Sem imagem de perfil

De JB a 03.12.2010 às 18:56

E se fosses à merda? Obrigado.

Comentar post


Pág. 1/2