Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Seguro ao ataque

por Nuno Gouveia, em 03.12.10

António José Seguro cultivou desde o inicio uma assinalável distância com o poder socrático. Sem nunca, no entanto, confrontar directamente as posições do governo. Com o fim à vista para José Sócrates, Seguro vai lançando as sementes de uma candidatura à liderança do PS. Ao acusar o governo de "contribuir para o aumento das desigualdades sociais", está a criar uma linha divisória entre si e José Sócrates. A grande questão é saber se este PS, completamente subserviente e devoto a Sócrates, estará preparado para entregar o poder ao anti-Sócrates logo após a derrocada. Não acredito, e parece-me que Seguro estará destinado a perder primeiro, antes de ganhar.


lavagem de mãos e outras medidas profiláticas

Sem imagem de perfil

De O Homem D'ontem a 03.12.2010 às 15:54

um partido que nao encontra acordo entre os seus membros nao é mais que um gang de prisao.
um partido devia ser um convergir de elementos com as mesmas ideias, e nao um grupo de elementos com ideias difrentes á espera de esmola e poder.
é indifrente que é o lider, todos sao merda.
isto é valido para tds os partidos em portugal
Sem imagem de perfil

De o lisboeiro a 03.12.2010 às 17:23

Gente sempre a ,tivemos na união nacional e na União sovietica...Porque será que num clube de bairro,numa empresa,num outro orgão colegial,o numero dos seu componentes é impar? por se admitir divergências. José Seguro nunca será lider. Os lideres além de argumentos têm que ser combativos.Ele,é um sonhador, do agrado da direita pelos vistos..mesmo comportando-se como se fosse mais à esquerda do que Sócrates. Paradoxos? acho que não,quanto pior melhor para nós diz a direita do 31. 
Sem imagem de perfil

De Beirão a 03.12.2010 às 19:05

Nos últimos 35 anos, neste país só me falta ver um burro a voar. Já mais nada me surpreende. Em todo o caso, duas coisas são certas: o governo do 'aldrubas ' do Sócrates  
tem os dias contados: um sucessor mais ininputável que ele, que tanto mal fez ao país, com uma governação danosa e irresponsável - li hoje que nos últimos 160 anos nunca a dívida portuguesa atingiu um tal montante como agora - não é crível que seja possível. Segunda coisa: O Seguro, ao menos, é um tipo que revela alguma decência e alguma vergonha.  
Sem imagem de perfil

De o Marques do Tramagal a 04.12.2010 às 22:53

Caro pinoquio,leia o texto do Professor da Universidade de COLUMBIA,e ele diz-lhe que o Governo de Sócrates até a crise criada pela sua direita ,foi o governo menos despesista: Cavaco 32%, Guterres 31% Santana e Barroso 43,5%  e Para a sua descarada pouca vergonha, o Governo de Sócrates 14%. A direita é mais gastadora e mentirosa como se verifica.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 03.12.2010 às 20:18

A LIXEIRA GOVERNATIVA DO PS JÁ LÁ NÃO VAI NEM COM RECICLAGEM

NÃO VALE A PENA HAVER MUITA CONVERSA SOBRE ESTA PANDILHA QUE NOS GOVERNA, HÁ QUE DESALOJAR O PS DO GOVERNO DE UMA VEZ POR TODAS E PARA SEMPRE SE POSSÍVEL, ESTE GOVERNO MAIS OS SEUS SATÉLITES SÃO PIOR QUE UM GOVERNO DE MUGABE OU DE UM QUALQUER GOVERNO DO 4º OU 5º MUNDO.

ESTA HISTÓRIA DO ATRASO MADEIRENSE OU AÇORIANO PARA NÃO CUMPRIREM COM A REDUÇÃO DOS SALÁRIOS É UMA AFRONTA IGNÓBIL, QUE VERGONHA DE PS, ATÉ DÁ MUITO QUE RIR, ESTE BANDO DE POLÍTICOS DÉSPOTAS QUE LEVARAM E LEVAM O PAÍS À RUÍNA TÊM DE SER APEADOS DO PODER PARA NUNCA MAIS VOLTAR. O PS DE SOCIALISTA NÃO TÊM NADA.
Sem imagem de perfil

De o lisboeiro a 04.12.2010 às 22:56


Olhe que não, olhem para o Querido João Jardim,e divirtam-se...
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 03.12.2010 às 20:25

Esqueçam o Seguro, aquilo não presta para nada, politicamente é um catraio a tremer das pernas cada vez que tem que se decidir a tomar um rumo. Nem PS nem Seguro nem Seguro nem PS, eles que exterminem politicamente, era uma bênção

O País ensandece há 35 anos, os do SISTEMA mamam tudo e tomaram conta de tudo.
Sem imagem de perfil

De o agnóstico a 04.12.2010 às 22:58

Pior do que estes exterminios ´so os Nazis. Filho vai fazer óó.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 03.12.2010 às 20:41

PORTUGAL ACORDA E OBSERVA-LHES O FUCINHO  IRMÃO! QUE TE DIZ O CORAÇÃO?

GRUPOS, GRUPELHOS, SEITAS, BILDBERGs, idem, idem, são quem manda em PORTUGAL, o ASSALTO começou há mais de 35 anos e só para com uma nova REVOLUÇÃO, para repor aquilo que falta a PORTUGAL, JUSTIÇA NA DISTRIBUIÇÃO DA RIQUEZA NACIONAL e reensinar ÉTICA. ISTO NÃO VAI LÁ COM MISSAS, CARACÓIS E FUTEBÓIS NEM COM ARMAS MAS COM UM PULSO FIRME E UM VOTO EM ALGUÉM VERTICAL E IMPOLUTO. PORTUGAL MERECE E AGRADECE.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 03.12.2010 às 20:46

COM "U" PARA NÃO SER TÃO CHOCANTE
Sem imagem de perfil

De o submarino a 04.12.2010 às 22:59

Este tem saudades do Muro,quer levar com outro em cima da Mona...
Sem imagem de perfil

De Allgarve a 03.12.2010 às 22:56


Não vale a pena falarem muito porque com o país no fundo e o PS a dizer aldrabiçes todos os dias,o que está já claramente preparado é os portugueses irem votar PS para a maioria absoluta.Se algum gigante esquema de corrupção vier a publico pouco tempo antes das eleições,a vitoria PS está garantida com larga maioria absoluta.Eu sei o que os portugueses pensam porque já estou habituado a que quem ganha é sempre o pior dos piores(se fosse BE ou PCP era pior,tinhamos que abandonar o país certamente).
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 03.12.2010 às 23:28

é bem verdade, os portugueses são gente pouco confiável, tal como o ps.
Sem imagem de perfil

De o submarino a 04.12.2010 às 23:03

Confiar é nos assaltantes de bancos (BPN) e seus acólitos. Esses é que são sérios... Leiam o negocio de Portas nos submarinos, e vejam se não dava cadeia se este pais não fosse de brandos costumes...
Sem imagem de perfil

De Ebenezer Scrooge a 05.12.2010 às 22:16

O Seguro morreu de velho e a Dona Prudência foi-lhe ao enterro...
Sem imagem de perfil

De DIABO COXO a 05.12.2010 às 22:25

César trata os seus com grandeza.
O "contenete" paga e não bufa.

Mais um SÚCIAlista justo e solidário!

 

Comentar post