Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Derrotados

por Nuno Gouveia, em 24.01.11

Houve muitos derrotados nas presidenciais de ontem. Mas gostava de destacar uns em particular: a ala do Bloco de Esquerda que sonha com o poder. Uma franja, que até ocupa um espaço considerável no panorama mediático, cujos objectivos passam objectivamente pela partilha de poder com o Partido Socialista. Sem nunca o admitirem em público, tudo fizeram para esta convergência (falhada) da esquerda em redor de Manuel Alegre, já a pensar numa futura coligação entre o BE e o PS pós Sócrates. O que os resultados de ontem colocaram em evidência é que esta coligação, além de contra-natura, não tem hipóteses de sucesso eleitoral em Portugal. A esta malta do BE nada mais lhes resta senão o caminho, que alguns até já têm trilhado, de abandono do BE e aproximação do PS.

Autoria e outros dados (tags, etc)


comentários

Sem imagem de perfil

De A. R a 24.01.2011 às 22:52

Interessante filme na TVI rodado em Portugal: O tio do Zezito Zangado, o Alberto Gosta, envelopes recheados, negócios no banco traseiro de carros de alta cilindrada, malas com dinheiro, almoços, vendas de património público por encomenda, inspectores da PJ que não identificam telemóveis que enviam mensagens ameaçadores mas o jornalista consegue, etc, etc. O Sr Antinari ainda não apareceu.
Sem imagem de perfil

De Tuga Sorna y Choné a 24.01.2011 às 23:36

A única vantagem pessoal de não haver segunda volta entre os candidatos apoiados pelo PSD e PS, é que ainda não é desta que irei de efectuar o primeiro voto nulo da minha vida!

Já agora, por curiosidade, porque é que este blog está infestado de Laranjinhas disfarçados de Monárquicos?
Sem imagem de perfil

De DC a 25.01.2011 às 08:31

urticária de Daniel Oliveira.
Sem imagem de perfil

De Ricardo a 25.01.2011 às 09:21

A estratégia do burguês Louçã era mais que evidente, mas morreu logo à nascença porque comunistas no poder, em Portugal J`amais. Estiveram só lá uma vez e a coisa correu tão mal que até ao Domingo trabalharam sem receber um chavo. Lembram-se? Pois eu era puto e lembro-me muito bem de obrigarem o meu pai a ir trabalhar a um Domingo.    
Sem imagem de perfil

De Zuru a 19.09.2011 às 16:48

Descansa pacóvio, que breve vais trabalhar a semana TODA sem veres um chavo. Até vais chorar pelos mauzöes dos comunistas!
Sem imagem de perfil

De O Homem D'ontem a 25.01.2011 às 23:24

o derrotado sou eu, sempre

Comentar post