Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




eu que não sou de intrigas...

por Carlos Nunes Lopes, em 01.02.11

Acabam de desaparecer, diante dos meus olhos, 612.922 eleitores inscritos nos cadernos eleitorais.

O Governo diz que os cadernos tinham 9.656.472 eleitores. O Tribunal Constitucional diz hoje que afinal apenas estavam inscritos 9.043.550 eleitores.

O Tribunal Constitucional proclamou hoje “eleito Presidente da República para o mandato que se iniciará em 9 de Março próximo o cidadão Aníbal António Cavaco Silva”. E eu acredito.


lavagem de mãos e outras medidas profiláticas

Sem imagem de perfil

De Tuga Sorna y Choné a 01.02.2011 às 21:55

Para mim a melhor foi numas famosas eleições autárquicas numa cidade tuga, há uns anitos atrás, em que a diferença de votantes entre a Câmara Municipal e a Assembleia Municipal foi de aproximadamente 1500!

Ora se cada eleitor recebe três boletins, o total de votos (expressos válidos + nulos + brancos), teria matematicamente que ser igual para os três órgãos de poder autárquico!

ERRADO! A minha experiência de vida em Portugal, diz-me que por cá tudo é possível de ocorrer, por mais inverosímil ou metafísico que seja o facto!

Comentar post